segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

ALAGAMENTOS


O problema se repete, e em alguns pontos da cidade, esse problema ocorre já faz quase dez anos. A desculpa da administração é sempre a mesma, o lixo. Certamente o lixo é um dos muitos fatores, mas não o principal. A Rua João Teodoro Duarte, certamente é um dos locais mais atingidos, na semana passada a secretaria de obras, realizou uma operação faz de conta, e realizou um trabalho inútil, e ao invés de realizar uma obra, arrumou desculpas. O serviço realizado mobilizou um batalhão de funcionários, chegando ao cúmulo de estar no local o chefe da defesa civil e mais dois secretários. A operação seguiu o estilo PT de governar, mobilizou pessoas e causou impacto devido ao aparato mantado no local, tudo com a intenção de desviar as atenções e passar a impressão de que estavam trabalhando. Passei caminhado ao lado das obras, até um cego perceberia que não estavam fazendo a coisa certa, e o pior, que os dois secretários que ali estavam não tinham a mínima ideia do que estavam fazendo, muita gente no local para abrir uma boca de lobo.

A solução para os alagamentos depende de obras, de um projeto, de recursos, o atual prefeito no governo faz seis anos, e assiste de camarote e nada faz. As últimas nesse setor foram feitas ha mais de 10 anos no Bairro Santana e no Bairro Padrense. A desculpa da atual administração é o lixo, e a culpa é do povo. Certamente o lixo colabora para o problema, mas se tem lixo nas ruas é sinal que a coleta é ineficiente e não existe fiscalização visando punir os estabelecimentos comerciais que jogam o lixo na rua; como alguns restaurantes e/ou supermercados.

A falta de drenagem nos rios também colabora para o agravamento do problema. Com relação aos rios, é preciso ressaltar que a atual administração permitiu a transformação de parte do arrio Carazinho em esgoto para viabilizar um grande empreendimento imobiliário, com construção as margens do rio.

A falta de fiscalização na cidade é geral, aqui na zona urbana tudo é permitido, o mesmo não acontece com o interior, pois o produtor rural não pode sequer construir um chiqueiro sem a autorização dos órgãos fiscalizadores, mas na cidade é permitidos vacas e cavalos, a quantidade de animais pela cidade é absurda, e com certeza os dejetos produzidos por esses animais também colabora para o agravamento do problema.

Na Rua Barão do Rio Branco, quase esquina com o Ramiro Barcelos, uma boca de lobo esta entupida faz anos, e ao longo desse governo ainda não sobrou tempo para efetuar a limpeza, e por isso, a quadra fica alagada toda vez que chove. A cada nova chuva novos pontos de alagamento aparecem, aumentando o problema. A solução para esses alagamentos depende de obras, de projetos, de pessoas capacitadas comandando, de histórias estamos cheios, alias temos professor no lugar de engenheiro. Com relação ao lixo, é preciso lembrar, que o ex-secretário de obras e o atual, foram os responsáveis pelo setor nos últimos 10 anos, nesse caso, falar em lixo, e/ou colocar a culpa no lixo é assumir a incompetência.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

SAÚDE- TRÂNSITO

SAÚDE

Faltando poucos dias para o encerramento do ano de 2014, o setor da saúde, vai encerrar o ano como começou. Ou seja, de forma lamentável. Acontece que uma ordem de serviço enviada pela secretaria na tarde de ontem, comunicou as unidades básicas de saúde, que estão suspensos todos os exames laboratoriais, o comunicado foi feito por e-mail, certamente por ordem da secretária. A ordem não informou o motivo. Considerando que doença não marca hora, resta torcer e rezar para não adoecer.


TRÂNSITO



A situação do trânsito em Vacaria é caótica, mas atravessar a BR 285 ou Avenida Militar não é o único problema. A mobilidade interna fica a cada dia mais complicada; mas como tudo aquilo que esta péssimo sempre pode piorar; o fato se consumou. No dia de ontem, o departamento de trânsito, que cuida do assunto, resolveu inovar, eu diria esculhambar mais uma vez; ao invés de transformar a Rua Ramiro Barcelos esquina com Libório Rodrigues como via preferencial, que seria a solução mais prática e viável, inverteu o estacionamento, desde a tarde de ontem no quarteirão entre Marechal Floriano e Ramiro Barcelos, quem estacionava na Libório do lado direito, passou a estacionar do lado esquerdo, e dessa forma ao desembargar dos veículos é obrigado a saltar na rua na frente dos carros. Na verdade esse departamento é uma piada, e devido ao excesso de funcionários no setor, volta e meia eles inventam umas bobagens para dar a impressão que trabalham. Já falei e repito como chefe de trânsito seu responsável é um ótimo vidraceiro.  

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

A ELEIÇÃO DO VICE PRESIDENTE DA CÃMARA

A câmara de vereadores de Vacaria, finalmente escolheu seu vice. A escolha foi no mínimo curiosa, uma semana após eleger o presidente numa sessão polemica; na noite de hoje escolheu o vice. Apesar das tentativas, o partido do prefeito não conseguiu êxito, o candidato derrotado semana passada desistiu de tentar ser o vice, com sua desistência um colega de partido colocou seu nome na disputa buscando ser o vice. Acontece que, como numa comédia pastelão o vereador derrotado semana passada pediu na tribuna que seu colega retirasse o seu nome da disputa. Mas não logrou êxito no pedido apesar de ser presidente do PT, foi feita a eleição, mas pasmem meus leitores o vereador do PSB obteve 15 votos; ou seja, o vereador do PT não conseguiu nem o seu próprio voto, nem ele acreditam nele. Olha se o caso não fosse trágico seria cômico. Mais que nunca acredito que o povo tem os representantes que merece. Pior que eles ganham oito mil por duas cansativas noites de trabalho por semana.

POLITICA


A politica esta movimentada nos bastidores. A nível estadual a montagem do secretariado do novo governador movimenta os partidos; e já começa a gerar insatisfeitos. O PSB partido do novo presidente da câmara de Vacaria reclama que esta sendo colocado em segundo plano; o governador eleito esqueceu que o partido esteve ao seu lado ainda quando estava mal nas pesquisas. A reclamação é procedente, mas evidencia a importância do partido no cenário, a exemplo de Vacaria o partido inexiste.

Aqui em Vacaria, hoje teremos a inédita eleição do vice-presidente da câmara de vereadores. Essa situação foi criada devido a renuncia do vereador do DEM (Elton Zulianello) que renunciou seu cargo de vice por exigência do seu partido temendo expulsão e perda de seu mandato. A postura dos democratas deixou clara como o partido vai agir nos dois últimos anos do governo do PT e na câmara de vereadores; ou seja, vai exigir fidelidade ao partido. Já o PT partido do prefeito, continua sem exigir nada, o prefeito é usado pela sua base, mas não segue sua orientação. A derrota do candidato do prefeito na eleição para presidente do executivo apenas tornou público aquilo que todos sabem: ou seja, o prefeito não tem comando sobre sua base aliada.


Com relação à base governista, e/ou partidos que compõem seu governo, é correto afirmar que todos estão apenas usando os cargos para empregar filiados e parentes. A via popular que elegeu o prefeito por duas vezes já acabou essa é a afirmação de secretários do prefeito, reforçada pelos presidentes dos partidos aliados. O isolamento do prefeito é nítido, hoje nem os puxa sacos acompanham o prefeito em eventos, todos querem distância, o MITO vai terminar seu mandato de forma melancólica. As criticas ao seu governo que antes vinha de fora, agora virou um fogo amigo, secretários de governo criticam o prefeito em rodas de bate papo, alguns dizem que só estão no governo para poder pagar a faculdade dos filhos. O prefeito esta isolado, faz um péssimo governo, mas prefere morrer abraçado com os amigos da onça. Continuo afirmando que seu governo é o pior da história, mas a maioria dos erros é de autoria dos seus secretários. Exemplos não faltam; a reforma da praça, o vídeo institucional e mentiroso, obras do seu ex primeiro Ministro, sendo que a reforma da praça e o entrona da Catedral lhe renderão mais um processo judicial, já o responsável pelas obras hoje é um critico das suas obras. Segundo fiquei sabendo, as horas extras pagam para agradar membros base, que gerou CPI, apesar do péssimo relatório final, de posse dos documentos o Tribunal de Contas do Estado apontou a irregularidade. Seguindo o mesmo caminho, a CPI da saúde pretende esmiuçar todos os contratos da saúde, quem contrata, por que contrata, cabe lembrar que por ai passam todas as contratações da UPA e pessoa contratada via ONGS ou empresas terceirizadas. Nesse caso a CPI pode matar dois coelhos com uma só paulada, pois poderá pegar o campeão de indicação de cargos. Considerando a postura do prefeito ao longo desses seis anos de governo, é possível imaginar como vai ser os dois últimos anos, fontes internas dizem que seu partido o PT esta insatisfeito com sua postura. Alguns querem o rompimento com a via, pois se a coligação acabou não existe mais razão para a manutenção dos cargos. A situação é muito complicada, e ao que tudo indica o final da gestão do PT em Vacaria tem tudo para ser melancólica.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

ALAGAMENTOS - VAIAS E ELEIÇÃO DO VICE

















No comentário de hoje, vou abordar temas distintos. Apesar de ser um assunto velho, a cada chuva um novo problema; ou seja, os alagamentos. Não estou aqui para dizer que a culpa é apenas do prefeito, mas a responsabilidade é dele. A cada nova chuva o problema aumenta, e surgem novos pontos de alagamentos, aumentando o problema. A chuva de ontem, estabeleceu o caos na cidade, ruas e mais ruas alagadas, carros e casas. Com relação aos novos alagamentos, é possível afirmar que são pontuais, e que certamente ocorreram devido ao lixo na rua, devido à irresponsabilidade de que não tem educação. Por outro lado, a falta de manutenção e/ou limpeza nas bocas de rua e coleta precária do lixo contribuem para o problema. Com relação aos velhos pontos de alagamentos, quero destacar apenas dois, ou piores: 1- Rua João Teodoro atrás do Jockey Clube 2- Ramiro em frente à fruteira Santo Antônio. Esses dois pontos de alagamentos, alagam sempre, com qualquer chuva, basta chover por meia hora; na última chuva, o secretário de obras prometeu solucionar o problema com obras é claro. Mas é isso que me preocupam, as obras do atual governo, não faz muito tempo, no final do primeiro mandato do atual prefeito (MITO), foram realizados obras na Rua João Teodoro Duarte, e o problema que existia piorou, aquilo que acontecia esporadicamente virou rotina; a mesma coisa acontece com o alagamento na frente da fruteira, por quase uma dezena de vezes aquela rua foi aberta e canos trocados, mas o problema permanece. Acho que a solução definitiva só vem em 2016. Pior que os alagamentos só a cena cômica que mostrou o vereador tomando banho na chuva após um teatro.


ELEIÇÃO DO VICE-PRESIDENTE DA CÂMARA


Com a renuncia do vereador do DEM (Elton Zulianello), o cargo ficou vago, e como manda o regulamento, um novo vice devera ser eleito. Com relação ao cumprimento do regimento nada a declarar, mas não posso deixar de comentar a articulação da situação visando ocupar o cargo a ser eleito. Na tentativa de ficar com o cargo de vice-presidente, o prefeito e alguns vereadores da base governista sairão a campo na busca de votos, e lançaram com candidato um vereador do PT. Essa atitude beira ao absurdo, a vai além, os mentores  do projeto vamos eleger o vice, ultrapassaram todos os limites do bom senso. Tendo o prefeito com articulador, e sob seu comando, os vereadores do PPS e do PSDB que votaram contra o candidato do PT na eleição para presidente da casa, agora estão engajados no projeto vice, que segundo fontes tem com objetivo desarticular a oposição. Com a devida Vênia, o prefeito teria sim é que ter coragem, e demitir todos os CC dos vereadores que votaram contra o candidato do seu partido (PT) e mandar esposas, sobrinhos, irmã para o olho da rua, ao invés de chorar o leite derramado, depois que perdeu os dedos vai atrás dos anéis. Na verdade só tem uma explicação para não agir: ou tem medo, ou tem o rabo preso, pois sabe que a via na permanece, e que a maioria de sua base pretende inclusive concorrer ao cargo de prefeito e mesmo assim fica lavando burro com sabonete.


VAIAS


No início da semana, aconteceu o encerramento do ano, com formatura dos alunos que participam de um projeto junto a Brigada Militar. O evento ocorreu na casa do povo. No evento estavam presentes diversas autoridades, de diversos poderes; todos anunciadas pelo protocolo que chama uma a uma para fazer parte da mesa. As crianças e familiares aplaudiam a autoridade e/ou convidado logo após o anuncio, acontece que quando a autoridade máxima do município foi anunciada pelo protocolo, uma vaia inesperada tomou conta do evento, essa situação inusitada pegou o cerimonial de surpresa, o mestre de cerimonia tentou contornar a situação pedindo aplausos, mas não teve êxito.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

ELEIÇÃO DA NOVA MESA

A escolha do novo presidente da câmara de vereadores de Vacaria, foi muito polemica e tumultuada. Insultos e bate boca marcaram a sessão da noite de terça feira, apesar dos acordos pré-estabelecidos, a votação foi tensa, pois os vereadores do Antônio Almeida (PPS) e Amadeu Boeira (PSDB), que tinham acordo com o vereador do PSB, resistiam em cumprir devido à participação do vereador do DEM na chapa. Na verdade a participação do vereador do DEM na chapa possibilitava aos dois vereadores votar no candidato do prefeito, e assim ficar de bem com o chefe do executivo. Mas numa jogada de mestre, O vereador do DEM retirou seu nome da chapa, e acabou com a desculpa dos dois colegas. Na verdade, as duas chapas agradavam o prefeito, que segundo pessoas ligadas ao chefe do executivo, o mesmo comemorou ao ser informado do resultado, pois foi informado pelo secretario do PSB, ainda segundo fontes próximas o novo presidente da casa passa a ser o nome preferencial do prefeito para concorrer ao executivo em 2016. O resultado deixa o prefeito livre para agir com relação aos cargos dos vereadores do DEM-PPS-PSDB, pois a posição dos três vereadores na escolha do novo presidente foi contrária à vontade do prefeito. Dessa forma, o prefeito elegeu seu ex primeiro ministro e se quiser pode mandar embora todos os cargos dos rebeldes, ou no caso de manter os cargos esses vereadores ficaram ainda mais submissos ao prefeito. Por isso, ao contrário daquilo que parecia, o prefeito não perdeu, e de quebra ganhou um possível candidato para sua sucessão.  O resultado da eleição e as tramoias que envolveram a votação tornaram a manutenção da via popular impossíveis, articulações visando novas composições já começam a ser pensadas, PMDB e PP passam a serem as alternativas para os descontentes da via popular. 

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

ELEIÇÃO NA CÂMARA

A composição da nova mesa diretora da câmara de vereadores, deixou claro a falta de sintonia entre o executivo e sua base no legislativo. Na sua primeira entrevista após sua reeleição, o prefeito afirmou que sua base era sólita, que continuava firme, e que o primeiro acerto entre ele a a sua base era a mesa diretora da câmara para os quatro anos. Considerando que dos 15 vereadores da atual legislatura, 11 edis possuem cargos de CC no executivo, é possível imaginar que o prefeito tenha sob seu controle os atos na casa. Apesar de empregar esposas, ex esposas, sobrinhos, e cabos eleitorais, o candidato do prefeito foi derrotado na noite de ontem, ao contrário da presidenta Dilma, que da mas cobra, o prefeito não tem controle de sua base, e aos poucos vai vendo seu castelo ruir. Na sua última entrevista também afirmou que a via popular continuara para a próxima eleição, considerando que sequer consegue manter a base unida para eleger o presidente do legislativo, como pode afirmar que vai manter a via. Com relação a oposição, o DEM começou a agir, e colocou seu vereador nos trilhos, a sua postura na eleição da mesa foi uma orientação partidária. 

NOVAMENTE AS PERSEGUIÇÕES

A situação da saúde no município é a pior da história. Tanto que resultou em abertura de uma CPI pela câmara de vereadores para investigar problemas relacionados a essa área.  Acontece que os problemas no setor da saúde, vão além da falta de médico, de remédio, de exames; o problema atinge também servidores da saúde, os funcionários concursados. A atual secretária, desde que assumiu essa pasta, mesmo sem conhecer nada, por ser uma nutricionista, e devido à falta de conhecimento, quer impor suas ideias na marra, resolveu implantar o terror com seus comandados. Ao longo desse governo, a secretaria e seus prepostos tem como meta, perseguir funcionários do quadro de carreira, aqueles que estão na função por méritos, pois entraram por meio de concurso público, ou seja, por competência. Durante a gestão da atual secretária, os casos de perseguições, ameaças, constrangimento, viraram uma triste rotina para aqueles que querem trabalhar dentro das normas da saúde, nesse caso tentar fazer o certo pode ser interpretado como uma insubordinação, que geralmente acaba em processo administrativo (sindicância). Não estou defendendo desobediência aos chefes, muito pelo contrário; mas todo o servidor deve seguir aquilo que este estabelecido na lei, no regimento, e cumprir com suas obrigações, mas deve ser tratado com respeito; uma secretária (o) não tem o direito de colocar um funcionário dentro de uma sala para humilhar, para submeter a constrangimento com ameaças e/ou palavras de baixo calão, que é um procedimento comum na gestão da atual secretária. Os casos são diversos, vários ocorrências policiais já foram efetuadas, além de processos judiciais, mas ao que tudo indica nada coloca freio na fúria da chefa da saúde. Já fui procurado por vários servidores (as), e sempre oriento a procurar o Ministério Público, mas ao que tudo indica, ainda não surtiu efeito, já que a cada dia surgem novos casos. Recentemente, foi instaurada uma CPI na câmara de vereadores para investigar problemas no SAMU e no HNSO relacionados à ala SUS; apesar da comissão ser formada por ampla maioria governista, com apenas um membro da oposição, seria de grande valia abrir um espaço para investigar essas denuncias, chamando para depor funcionários que já passaram por essa situação.  A secretaria já foi chamada a prestar esclarecimentos sobre outros fatos na comissão de saúde da câmara, mas demostrando arrogância, ao ser questionada sobre o transporte de seu esposo por carros da secretaria as saúde se negou a falar e disse que se quisessem saber sobre o caso deveriam enviar requerimento ao prefeito. Essa situação é grave, atualmente os funcionários da saúde vivem sob um verdadeiro terror, lhes resta o direito de entrar mudo e sair calado, pois questionar atos arbitrários da secretaria tem com destino uma sindicância. Certamente a CPI não vai se posicionar sobre esses fatos, afinal dos cinco membros da comissão quatro são defensores do governo, querem apenas jogar para a torcida; por isso, o ultimo recurso é o Ministério Público, pois já não temos mais o Chapolin Colorada para nos defender.Certamente, a secretária vai negar os fatos, e vai novamente me ameaçar com processo judicial como já é comum nesse governo.




terça-feira, 9 de dezembro de 2014

TRÂNSITO



O novo jornal de Vacaria estampou na capa de sua segunda edição os problemas do trânsito. Gostei de matéria e das fotos, mas entendo que devemos ampliar as responsabilidades sobre o assunto; pois deixaram de fora o executivo (o prefeito). A responsabilidade é do DNIT, mas o problema é nosso. Com relação ao trânsito, aos engarrafamentos, devemos ampliar o leque das discussões, e ir além na busca dos responsáveis pelo caos. Com relação ao trânsito na Avenida Militar, e/ou BR 285 sob-responsabilidade do governo federal, do mesmo partido do prefeito, precisamos cobrar as promessas (MENTIRAS) campanha. O prefeito ao longo de sua campanha vendeu a imagem de ser amigo da presidenta, e que já tinha um projeto pronto e exequível para a nova perimetral. Passado a eleição, e com dois anos de seu segundo governo, nada aconteceu, a exemplo do nosso aeroporto de cargas, tudo não passou de demagogia barata de campanha. Falar em construir perimetral é quase uma utopia, pois envolve milhões em gastos, desapropriações e licenciamentos ambientais, quando a construção de viadutos e passarelas seria mais rápida e mais barato; mas seguindo a ótica da corrupção no governo federal, quando maior a obra maior a propina. Com relação às soluções, sequer temos fiscalização nas horas de pico, cruzamentos são fechados, carros param em cima da pista para mudar de faixa, falta de sinalização, além do excessivo numero de ruas que permitem o ingressar na militar, são apenas parte do problema. Soluções precisam ser buscadas, mas é preciso cobrar d prefeito as promessas de campanha, pois listar o asfaltamento do Samuel Guazelli e da Campos Sales como solução.


CANDIDATOS E CANDIDATURAS


Faltando pouco mais de dois anos para fim da atual administração, o tema candidatos, começa a circular nas rodas de bate papo. Na medida em que encurta o tempo, as vaidades afloram, e os nomes vão surgindo. Na verdade, hoje temos a seguinte situação: Apenas três partidos são oposição ao atual governo; apesar de que 50% do PP vota com o prefeito e tem cargos no executivo, já o vereador do DEM que também possui cargos é também voto certo do prefeito. A manutenção da via popular só possível se existir uma possibilidade real de vitória. Caso contrario os ratos abandonaram o navio. Acostumados a mamar nas tetas do poder, uns por 12 anos e outros por 8 anos, ninguém pensa em largar essa teta. A maior concentração de nomes para concorrer pela via vem do legislativo; Amadeu, Alexandro, Dagmar, Marcos lima e Valdecir, buscam a indicação. O maior problema vai ser lidar com as vaidades, pois todos desejam ser indicado como candidato do atual projeto de governo. No caso dos vereadores do PSB e PSDB, resta saber como vai se posicionar o comando estadual e nacional, pois esses dois partidos são oposição ao PT. O primeiro teste será a eleição da nova mesa diretora da câmara, pois segundo fontes existe mais que um querendo a vaga; e ainda segundo essas fontes o vereador do DEM é um dos pretendentes ao cargo. Ainda com relação aos pré-candidatos ao cargo de prefeito pela via popular, até o momento temos apenas boi de piranha, quero ver na hora da onça beber água.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

SAÚDE


Para começar bem a terça feira, mais uma boa noticia na área da saúde. O posto de saúde do bairro Barcelos, chamado pela gestão PT de (ESS) interrompeu o atendimento agora pouco, segundo fontes hoje não vai atender. Acontece que, uma infiltração de água devido a problemas na rede interna, alagou uma das salas, devido a esse vazamento; devido a esse vazamento a água foi cortada para evitar mais inundações. O corte foi feito através do fechamento do registro, acontece que sem água no posto, não é possível manter o atendimento, e apesar do grande numero de pessoas que estavam no local para consultas e outros procedimentos, o atendimento foi suspenso até que o conserto seja efetuado. Nesse caso, a suspensão do atendimento é uma medida correta, haja vista que sem água os funcionários não conseguem lavar as mãos, utilizar o banheiro d muito menos efetuar a limpeza do local. A falta de gestão na saúde em Vacaria fica mais uma vez comprovada, pois segundo funcionários da unidade, esse problema é antigo, e apesar de relatado aos chefes nada foi feito para solucionar o caso. Considerando que a câmara de vereadores instaurou uma CPI para investigar problemas e/ou irregularidades no setor, esperamos que a referida comissão amplie o leque das investigações e faça uma devassa na saúde local; não fique restrita ao SAMU e HSNO.


PLANO DIRETOR


A votação do novo plano diretor que aconteceu na noite de ontem, foi de muito barulho e pouco resultado. Como normalmente acontece na casa, sobram gritos e faltam argumentos, na verdade a sessão de ontem foi apenas uma represe de tantas outras, e de concreto apenas a proibição de novos empreendimentos em cima da bacia de captação. 








segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

PLANO DIRETOR

Acontece hoje a votação do novo plano diretor de Vacaria. As novas regras, mudanças ou adequações, têm com objetivo ajustar o plano à realidade atual; mas precisamos ir além. Espero que o legislativo e o executivo corrijam alguns absurdos do atual plano como, por exemplo, a exigência de recuos em novas construções. Essa exigência é uma aberração da lei, que prejudica todos os proprietários de terrenos, inviabilizando totalmente em alguns casos. Precisamos ir além, mais que um novo regulamento, é preciso cumprir aquilo que consta no atual. Vou citar alguns exemplos.
Passeio público

As calçadas de nossa cidade, ou são usadas como estacionamentos em alguns casos do recuo, temos exemplos aqui no centro da cidade, onde as pessoas são obrigadas a andar pela rua disputando espaço com os carros. Outro caso relacionado ao passeio público é a farra das construtoras, que invadem a calçada utilizando mais da metade com cercamento de obras, inviabilizando a passagem das pessoas; na Rua 20 de Setembro, uma construção simplesmente fechou à calçada, e não satisfeita ainda ocupou parte da rua.

NOVOS LOTEAMENTOS

A lei atual exige que os novos empreendimentos, todos venham dotados e infraestrutura, ou seja, água, luz, escoto e calçamento. Além desses itens, deve ser respeitado o espaço destinado a áreas verde, praças etc.; acontece que o jeitinho brasileiro, utilizado aqui em Vacaria com a conivência do executivo permite que essas áreas sejam desmembradas aos pedaços sem que seja respeitada a lei, incluindo becos e sem saída para beneficiar os empreendedores. Além desse artifício, também transformam rio e escoto para escapar da lei. Segundo as leis ambientais, qualquer serviço de terraplanagem, aterramento de banhados deve ter um projeto ambiental que anteceda esse serviço. Mas aqui em Vacaria, isso não é obedecido (por alguns privilegiados) ruas são fechadas, vendidas tudo em nome da boa relação.

ANIMAIS

Nossa cidade, conhecido com a terra do Rodeio Internacional, por ser ligada as tradições, virou uma grande invernada; temos que conviver com cavalos e vacas por todos os lados. Em alguns casos, os proprietários de cavalos, mantem o seu animal dos fundos de suas casas, ou em um terreno baldio ao lado, obrigando vizinhos a conviver com moscas e mau cheiro dia e noite.


Por isso, esperamos bom senso aos vereadores (representantes do povo) na noite de hoje, considerando que o executivo tem 11 vereadores sob seu domínio, com certeza aprova aquilo que lhe convém.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

CPI DA SAÚDE



A Câmara Municipal instaurou nesta terça (25), através da portaria 112/2014, a comissão parlamentar de inquérito – CPI da saúde.
A CPI foi proposta, para investigar o gerenciamento dos repasses de verbas públicas destinadas ao Hospital Nossa Senhora da Oliveira. Além dos recursos, a CPI vai averiguar as condições do atendimento da hotelaria na ala do Sistema Único de Saúde – SUS e o atendimento do Sistema de atendimento móvel de urgência – SAMU.
A CPI é composta por cinco vereadores: Osni Domingues - PP, Elton Zulianello - DEM, Marcos Lima - PTB, Elisabete Ritter de Vargas Silva - PMDB e Romoaldo Michelon - PT.


O texto acima foi postado na pagina do facebook da vereadora Elisabete, integrante da comissão que vai apurar possíveis irregularidades na saúde no município de Vacaria. Numa análise superficial dos motivos que levaram o legislativo a instaurar a CPI, para ter mais vez à certeza que mais uma vez estamos diante de uma CPI meramente política, com objetivos claros de preservar o prefeito e sua secretária da saúde.

Acontece que, a causa que gerou esse movimento investigatório, foi à tragédia envolvendo uma jovem estudante que participava de jogos estudantis no DMD, e que passou mal, e desmaiou, e como o ginásio fica a menos de 100 metros da UPA, que também é garagem das ambulâncias do SAMU; professores e alunos correram até esse órgão para pedir socorro. Apesar da gravidade da situação, não lograram êxito, receberam um sonoro não, a alegação foi que somente a central que fica em Caxias do Sul poderia autorizar o socorro. Apavorados com a gravidade do fato, professores e alunos imploraram, exigiram socorro, mas a insensibilidade dos agentes falou mais alto, nesse caso, não restou outra solução a não ser trazer a jovem até a Unidade de pronto atendimento (UPA). Após o primeiro atendimento, que só foi possível devido à ação dos professores, a jovem foi encaminhada ao hospital, que prestou o atendimento possível, e após encaminhou a jovem para Caxias do Sul, aonde a mesma veio a falecer. A postura do SAMU gerou revolta, tanto que o policia civil instaurou inquérito para apurar o caso.


Esse episódio levou o vereador Marcos Lima a solicitar a abertura de uma CPI, para apurar possíveis irregularidades no atendimento do SAMU e da UPA; esse foi o discurso inicial. Acontece que, quando analisei os motivos e/ou proposta que levaram a instauração da CPI, e aquilo que vai ser investigado pela comissão, de cara percebi que a referida comissão quer investigar problemas na saúde, desde que não envolva o prefeito e sua secretária. Com a devida vênia, quero discordar da comissão, e vou sugerir que troquem inclusive o nome, e ao invés de CPI da saúde, coloquem CPI do hospital e do SAMU. Como denominar CPI da saúde se a comissão não pretende investigar a UPA e suas irregularidades. A Unidade de Pronto Atendimento, não cumpre as portarias do Ministério da saúde, segundo as normas, de acordo com a sua classificação teria que manter dois médicos, teria que oferecer especialistas, entre eles pediatra, teria que realizar todos os exames, tem de manter médico 24 horas e fornecer remédios. A CPI deveria investigar as UBS, a falta de médico nas unidades básicas de saúde, a falta de dentistas, de materiais, de remédios, deveria investigar as perseguições de funcionários pela secretaria da saúde, e o desmonte dos serviços da saúde da família, e os motivos da interdição de uma creche pela vigilância sanitária que é um órgão ligado a secretaria da saúde.

Acontece que, pelo que percebo, a comissão pretende apenas investigar os repasses das verbas ao hospital, e a demora no atendimento do SAMU, mas ao que tudo indica, a comissão faz vistas grossas para aquilo que é responsabilidade do executivo (do prefeito), como o caso dos obstetras que iriam parar agora no dia 28, mas o executivo pediu mais 30 dias de tolerância, a comissão governista não vai investigar o contrato com empresa que fornece e/ou fornecia serviços de ambulâncias sem as mínimas condições, não vai investigar contrato com empresa da esposa de um vereador que presta serviço de fisioterapia, que foi renovado diversas vezes; a CPI não pretende investigar a qualidade nas obras da UPA, que antes de completar um ano foi reformada pelo município, gerando custo adicional e onerando os cofres públicos. A CPI governista, ao que tudo indica, não pretende investigar o aumento na mortalidade infantil no município.


Com relação aos repasses ao hospital, concordo plenamente com a investigação da aplicação dos recursos, e com a qualidade no atendimento, pois a onde tem dinheiro público temos que fiscalizar sua aplicação; com relação à hotelaria da ala SUS, realmente as instalações são deprimente, mas cabe informar a comissão governista, que a reforma da ala SUS, foi assumida pelo executivo em conjunto com a direção do hospital; mas considerando a qualidade de todas as obras realizadas nesse governo, já podemos imaginar como será a reforma da ala SUS. Ainda com relação à saúde, a referida comissão governista, deveria investigar o transporte do marido da secretaria com veículos do município, pois quando a secretaria da saúde esteve prestando depoimento na câmara sobre outros fatos relacionados à sua pasta disse que informação sobre o transporte de seu esposo somente através de oficio ao prefeito. Na verdade, essa comissão pretende mesmo é investigar apenas o hospital e o SAMU, preservando o prefeito e sua secretaria, será mais uma grande PIZZA, como foi a CPI das horas extras, que mesmo com documentos comprovando que funcionários ganhavam a bolsa hora extra nos feriados, nas férias, que a secretaria do prefeito que não fica um minuto após seu horário também, recebia o benefício, chegou à conclusão que tudo estava correto, como esperar algo dessa que dos cinco membros quatro dão do governo, com vários cargos na administração. Quem viver vera, mais uma PIZZA com sabor PT.
































quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Hoje volto ao tema entrevista do prefeito, e quero estender o comentário a outras áreas da administração.


Certamente, o chefe do executivo local, segue a linha do seu partido a nível nacional, e usando a tese de que uma mentira repetida várias vezes, passa a ser verdade. Essa é a tese da presidenta Dilma, pois apesar das provas contundentes da roubalheira na PETROBRAS, continua afirmando que não sabe de nada, e que foi ela que mandou investigar; mas contrariando tudo aquilo que faz, no dia de ontem, liberou as emendas parlamentares para garantir a aprovação de mudança na lei orçamentária, com a finalidade de legalizar um ato irregular
Aqui na nossa querida Vacaria, o prefeito vai na mesma balada, esta tudo perfeito, ele sempre é vítima, e nossa cidade é a oitava maravilha do mundo; mas de concreto nada.


SAÚDE

No seu primeiro mandato, nosso município foi o líder em mortalidade infantil no estado; resultado da falta de saúde básica, ao longo de seu governo as Unidades básicas de Saúde e a saúde da família vivem o seu pior momento. Agora com a possibilidade de acabar com o plantão presencial dos obstetras e anestesistas a situação tende a piorar e; os riscos de novamente Vacaria liderar o ranking volta a assustar. A UPA, que foi inaugurada a toque de caixa, com fins meramente eleitoreiros, nunca cumpriu com a sua função; apenas serviu para enganar o povo e captar votos. Ainda na área da saúde, o SAMU subordinado a Caxias do Sul, apesar do esforço dos funcionários continua com os mesmos problemas, a segunda equipe que foi alvo de muita propaganda jamais entrou em funcionamento, e a ambulância que ficou exposta na praça por um longo tempo, segundo fui informado já foi devolvida. Na UPA a falta de médicos, e o descumprimentos das normas e portarias do Ministério da Saúde, jamais tiveram explicação, assim como a falta de pediatra e outros especialistas. Da mesma forma médicos de outros estados atendendo sem o CRM aqui do estado é um rotina, uma prática contumaz.

Ainda na área da saúde, uma creche foi interditada pela vigilância sanitária, segundo fontes a interdição foi necessária para evitar contaminação. Voltando a funcionar depois de efetuados os procedimentos necessários. Ainda no setor das escolas infantis e/ou creches como queiram, segundo algumas atendentes em algumas faltam ou já faltou papel higiênico, e em alguns casos apenas banana na merenda.

O aeroporto de
 Cargas, que foi explorado durante a sua campanha como uma obra de sua autoria (uma grande mentira), apesar de jamais ter participado de nada relacionado ao aeroporto, mandou confeccionar um vídeo mostrando a obra pronta, prometendo inaugurar ainda em 2012. Cabe ressaltar que nessa época tinha companhia do seu ex primeiro ministro. Hoje a realidade é outra, o local esta abandonado, apenas uma pista asfaltada, que esta fora dos planos do governo federal, e segundo o órgão responsável não esta na relação de prioridades; assim sendo, mais um grande elefante branco.

ASFALTO


O prefeito grita as quatro ventos, que as obras de asfaltamento da Avenida Samuel Guazelli na entrada da cidade, são verbas do PAC. Na verdade essas obras e outras são fruto de um empréstimo junto a Caixa federal, que serão pago pelos próximos prefeitos. Assim sendo, nada tem com obras do PAC, serão pagas com dinheiro do imposto pago pelo povo.






terça-feira, 25 de novembro de 2014

O prefeito de Vacaria, segundo ouvi dizer, concedeu uma entrevista na manha de ontem. Como não tenho o hábito de escutar esses programas de entrevistas nas rádios locais; vou comentar em cima daquilo que ouvi. E/ou li nas redes sociais. De acordo com aquilo que fiquei sabendo através de terceiros, o prefeito disse na sua entrevista; que nossa cidade vive um momento único, que suas obras são inéditas, segundo ele aqui tudo esta perfeito. Uma maravilha, essa afirmação me faz lembrar aquele belo vídeo produzido pelo executivo que mostrava uma cidade irreal, inclusive com aviões decolando do aeroporto da chapa. Ainda segundo ouvi dizer, o prefeito disse que desafia alguém a debater com ele sobre esses temas. Como sei que esse desafio é apenas uma tentativa de jogar para a torcida, vou listar alguns fatos que certamente o prefeito desconhece.

SAÚDE

Esse setor vive a pior crise da história aqui em Vacaria, o descaso de seu governo é total. Por isso vamos a uma pequena lista.

SAMU-

A burocracia que evolve esse serviço continua fazendo vítimas, decerto o prefeito ainda não tomou conhecimento da demora desse atendimento que esta subordinada a Caxias do Sul. Para refrescar a memória do (MITO), há poucos dias a demora no atendimento e/ou a recusa para atender é alvo de inquérito policial e de abertura da uma CPI na câmara. Com relação a essa CPI o requerimento partiu de um vereador de sua base. Com relação ao fato que resultou na morte da jovem, acredito que a investigação policial poderá esclarecer o fato.

PLANTÃO NO HOSPITAL


Os médicos obstetras e os anestesistas vão paralisar os serviços no próximo dia 28 de Novembro. Segundo fontes o motivo é a baixa remuneração. Ainda segundo fontes, o hospital alega que esse custo deveria ser arcado pelo município, mas segundo fontes o executivo alega falta de verba. Mas como pode faltar verba se segundo o prefeito tudo esta maravilhoso? Com relação aos obstetras, ainda segundo informações, passaram a fazer plantão de sobre aviso, como já acontece com os ortopedistas, que após serem chamados tem um prazo de três horas para comparecer no hospital. Ainda segundo fontes ligadas a saúde, em 2014 aumentou significativamente a mortalidade infantil. Imagina sem os obstetras no plantão. Com relação aos obstetras e anestesistas abaixo uma noto do sindicato médico do RS.




quarta-feira, 19 de novembro de 2014

UMA LUZ NO FINAL DO TÚNEL


SAÚDE

A tragédia envolvendo a morte prematura da jovem começa a ter outros desmembramentos. Além de ser noticia a nível estadual, a abertura de inquérito pela policia civil, certamente será um divisor de águas no setor da saúde, que envolve UPA e SAMU. A falta de atendimento e/ou de um bom atendimento nesses dois órgãos já faz parte da rotina do cidadão aqui em Vacaria. Infelizmente esse não é o primeiro caso, nem a primeira morte. Já faz muito tempo que o povo grita por socorro, mas as autoridades assistiam tudo de braços cruzados. O descaso com a saúde é um problema nacional, mas o que me interessa é aqui em e aqui vai de mal a pior. A abertura de inquérito certamente vai apontar os responsáveis, e certamente vai mudar a forma no atendimento. Não podemos mais conviver com essa situação, todo dia uma nova noticia patrocinada pela UPA e pelo SAMU, essa situação é insustentável e faz muito tempo; além do inquérito uma CPI será instalada na câmara, e certamente vai agregar informações ao caso. Com relação a CPI o lamentável é saber que sua instalação foi dificultada pelo executivo, e o mínimo de assinaturas foi conseguido com muita dificuldade pelo autor do requerimento; pois segundo fiquei sabendo a maioria não quis assinar o pedido de abertura.

Cabe ressaltar que a abertura de inquérito pela polícia civil e a CPI na câmara tiveram a sua abertura antes do caso virar noticia na imprensa estadual. Da mesma forma é preciso lembrar que um bebe também veio a óbito ha algum tempo atrás devido à burocracia do SAMU. O caso é muito grave, e por isso, precisa de respostas concretas. Chega dessa conversa fiada, afinal é sempre a mesma ladainha, médico que não é médico, que atende na UPA sem CRM, medico que briga com pacientes, medico obrigado a atender a grade do SUS pela justiça, ou é médico sendo proibido de internar pelo SUS no hospital. A realidade nua e crua aqui no nosso município é que a situação atual é a pior de toda a história.

PETROLÃO E AS DOAÇÕES DE CAMPANHA


 O escândalo envolvendo a PETROBRAS é manchete no mundo. Segundo a policia Federal e o Ministério Público Federal, o MENSALÃO e troco, os valores desviados pelo esqueça superam em bilhões, conforme os primeiros depoimentos, os valores desviados abasteciam campanhas do PT-PMDB e PP. A roubalheira financiava campanhas e enriquecia os envolvidos no maior esquema de corrupção da história. Como já aconteceu no MENSALÂO, LULA e DILMA continuam dizendo que não sabiam de nada; a única diferença é que agora a presidenta tentando jogar para torcida fala que deseja que tudo seja apurado, e que os culpados sejam punidos com os rigores da lei. Certamente a presidenta deve estar debochando da nossa cara, pois a onde de corrupção teve inicio durante o governo LULA, quando ela ocupava o ministério de Minas e Energia e era presidente do conselho de administração da empresa.  Não podemos generalizar, mas em Brasília não existe santo, lá o mais burro da concelho pra Deus; agora é difícil acreditar que um deputado que recebe doações de empresas com estreitas ligações com LULA e com o PT não esteja jogando no time; senão vejamos: Como a FRIBOI se socorre do BNDS e do PT para conseguir milhões em empréstimo vai financiar campanhas eleitorais?  Ora se a empresa esta mal e precisa de empréstimo como libera milhões em financiamentos de campanha? Que é contra esse procedimento não aceita esse tipo de doação; um exemplo foi o caso do deputado Jair Bolsonaro, que recusou doação do seu partido, pois o recurso é via Friboi. A esperança é a, última que morre, e a esperança do povo brasileiro esta depositada nas mãos da Policia Federal, do Ministério Público Federal e do Juiz Federal que cuida desse caso, que apesar das pressões continua firme e forme cumprindo lei.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

SAMU E A FALTA DE ATENDIMENTO

O caso envolvendo a jovem que veio a óbito, é o mais grave de todos, mas não é o primeiro. O péssimo atendimento do SAMU aqui em Vacaria, já se tornou uma rotina, a demora no atendimento já faz parte do dia a dia do órgão. Com relação ao SAMU, a segunda equipe que foi anunciada pelo executivo, com exposição de ambulância, nunca saiu do papel, e o veículo segundo fontes ligadas a saúde será devolvido no dia de hoje. Ainda com relação ao caso da jovem, certamente dessa vez teremos outros desdobramentos, pois a policia civil, através da delegacia de proteção a criança e ao adolescente instaurou inquérito para apurar o fato. Abaixo a postagem publicada na pagina da face da DP de vacaria na integra.


DELEGACIA DE PROTEÇÃO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE DE VACARIA INSTAURA INQUÉRITO POLICIAL PARA INVESTIGAR MORTE DE ADOLESCENTE E OMISSÃO DE SOCORRO POR PARTE DE ATENDENTES DA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO DA CIDADE.
A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Vacaria instaurou no dia de hoje Inquérito Policial para investigar os fatos relacionados à morte de GABRIELI VIEIRA LUNELLI, com 14 anos de idade (foto abaixo).
Por motivos que ainda serão investigados, a Adolescente passou mal e desmaiou no último dia 06 de novembro, quando participava de um evento esportivo no Ginásio Municipal de Vacaria, promovido por uma Escola da cidade.
Imediatamente, a Diretora e um Professor da Escola foram até a UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA) de Vacaria, que está localizada a aproximadamente 200 metros do Ginásio Municipal, onde solicitaram que a jovem fosse socorrida, MAS, NA UPA, O SOCORRO FOI NEGADO SOB A ALEGAÇÃO DE QUE DEVERIA SER FEITO CONTATO COM O SAMU, CUJA CENTRAL FICA NA CIDADE DE CAXIAS DO SUL, PROCEDIMENTO QUE JÁ TINHA SIDO REALIZADO ANTERIORMENTE por pessoas que estavam no Ginásio.
Após, como o socorro pelo SAMU estava demorando muito, GABRIELI foi colocada dentro de um veículo comum e levada até a UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO, quando, finalmente, o socorro foi prestado.
A negativa em prestar o socorro revoltou familiares da vítima e a todos que presenciaram os fatos, principalmente porque a UPA está localizada praticamente ao lado do local onde a Jovem passou mal e pelo fato das AMBULÂNCIAS DO SAMU EM VACARIA FICAREM ESTACIONADAS JUSTAMENTE NO PÁTIO DA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO.
GABRIELI VIEIRA LUNELLI morreu neste final de semana após ficar vários dias Hospitalizada.
Considerando que há suspeita de negligência por parte de Profissionais da UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA) DE VACARIA, e considerando que a demora no atendimento possa ter influenciado na morte da Jovem, a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente da cidade instaurou Inquérito Policial para apurar a prática, em tese, do crime de Homicídio Culposo.
A conclusão do Inquérito Policial depende da realização dos depoimentos de todos os envolvidos, da identificação dos Profissionais da UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO que negaram o socorro e de perícias que serão solicitadas ao Instituto Geral de Perícia

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

SAÚDE

. Falar dos problemas da saúde, é chover no molhado. O descaso com a saúde do povo brasileiro é marca registrada do governo do PT (partido dos trabalhadores), que certamente estão mais preocupados em roubar os cofres públicos (MENSALÃO e PETROLÃO), os valores roubados nesses dois escândalos seria suficiente para tornar nossa saúde modelo para o mundo. Acontece que, falar da falta de médico no posto do bairro, na UPA, ou da possibilidade da paralisação dos obstetras já é intolerável; imagina da perda de uma vida pela falta de atendimento do SAMU, que foi o que aconteceu quando a jovem que participava de um evento esportivo precisou de atendimento de urgência. Segundo as informações, após a jovem desmaiar devido a um problema cardíaco foi acionado o SAMU, e devido à gravidade do caso, e a urgência que ele merecia, pessoas se deslocaram até a UPA onde fica a ambulância para pedir socorro, e repito apesar da gravidade do caso e do risco de vida, a ambulância não saiu do estacionamento sem a outorga da chefia de Caxias do Sul, como alias já ocorreu em outra ocasião e que também custou uma vida. Devido à demora, a jovem foi levada até a Unidade de Pronto atendimento, que segundo fonte foi atendida de maneira superficial, e encaminhada ao hospital. Esse fato gerou revolta e custou uma vida, ninguém pode afirmar que a demora no atendimento foi determinante para o óbito da jovem, mas o certo é que não ajudou em nada. Esse fato foi comentado pela imprensa local, e gerou um forte pronunciamento do vereador Marcos Lima (PTB), que protocolou requerimento pedindo abertura de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para apurar os fatos; segundo o vereador que faz parte da base do prefeito, a responsável pelo SAMU será convocada e terá de vir até a câmara para dar explicações sobre esse grave caso. Além dela, segundo o vereador serão convocados os responsáveis pela UPA e pelas ambulâncias aqui em Vacaria. Devido à gravidade desse caso, esperamos que dessa vez a coisa funcione, e que o MP de Vacaria também se posicione sobre esse caso, que não é o primeiro.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

QUEREM NOS ENGANAR

O governo federal não vai conseguir cumprir com sua meta fiscal, por isso, tenta uma manobra. A presidenta que falou uma coisa na campanha, já esta agindo diferente; tenta maquiar seus gastos, para fugir da lei de responsabilidade fiscal. Mas o pior é a tentativa de buscar no congresso o aval para mais essa farsa. Na verdade o governo federal gasta muito mais que arrecada, paga juros abusivos, não tem controle, esta quebrado e sem credibilidade, as metas foram para o espaço; o dólar atinge sua maior cotação desde 2005 e mesmo assim querem vender a imagem de que tudo esta bem; que estamos crescendo. Querem nos enganar.

Aqui no nosso município, as coisas caminham na mesma direção, pouco se faz, e muito se fala. O caixa do município esta raspado, não tem dinheiro para nada. Na semana passada, fomos surpreendidos com a interdição de uma creche pela vigilância sanitária. Essa semana recebi várias ligações de pessoas que trabalham como atendente nas creches, em outras creches. Segundo essas pessoas, a situação da maioria das creches é muito preocupante, pois segunda essas atendentes, falta material de higiene e limpeza, a situação é tão crítica, que segunda essas atendentes, em algumas creches falta inclusive papel higiênico para limpar os bebes; não estão falando sequer naquelas toalhas de papel próprias para limpar as crianças após as suas necessidades fisiológicas. Mas com relação às creches quero me dedicar a esse tema na próxima semana.


Seguindo o tema da enganação, quero fazer um breve comentário sobre uma postagem do antigo secretário responsável pelas obras da praça, do entorno da Catedral e da Rua Ramiro Barcelos. Todo mundo sabe que essas obras são de péssima qualidade, e que antes mesmo de prontas já necessitavam de reformas. Acontece que o ex-secretário, ex primeiro ministro, que hoje é vereador, e que nada fez para cobrar a responsabilidade da empresa que fez a obra, hoje como vereador e travestido de oposição, fez uma postagem não facebook, dizendo que a empresa é responsável pelo serviço por um prazo de cinco anos; e que deve ser acionada pelo executivo. Considerando que segundo fontes esse vereador pretende concorrer ao cargo de prefeito no próximo pleito, a pergunta é a seguinte: Quem ele pensa que engana? Quem ele quer enganar?

terça-feira, 11 de novembro de 2014

CRECHE


 A creche do bairro Barcelos voltou a funcionar normalmente no dia de ontem. Sem dúvida essa é uma ótima noticia para as famílias que precisam dos serviços da creche. Segundo informações, a interdição feita na sexta feira foi necessária devido à necessidade de uma ampla higienização e uma limpeza geral do local. Com relação ao termo interdição, pode até parecer pesado, mas segundo minhas fontes, segundo várias mães que tive contato , esse foi o termo usado e/ou motivo para a não abertura da creche na sexta feira. Ainda com relação ao nome da creche, quero fazer a ratificação, pois o nome mudou faz já quase quatro anos, mas a placa com o novo nome ainda não foi colocado; e o nome da escola infantil é (Erlina Gervino Portela) e segundo fontes a escola infantil ou creche, é independente da escola Juventina Morena de Oliveira. Ainda quero ressaltar que os professores da escola infantil nada tem com a interdição, muito menos com problemas que levaram a interdição na sexta feira. O fato da interdição trouxe a tona à situação da educação no município, fui informado que em algumas escolas do município as despesas com material de limpeza é costeada pela direção, pois mão recebem do município esses materiais. Considerando que a educação é dona de 25% de toda a arrecadação do município, é inadmissível que a rede municipal de ensino esteja passando por essa situação, pois desde o primeiro mandato do atual prefeito, o descaso com esse setor é grande, e a falta de material de expediente e limpeza é uma constante.

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

INTERDIÇÃO DA CRECHE II

A interdição da creche anexa à escola Juventina Morena de Oliveira, é sem sombra de dúvidas, o prova do descalabro administrativo do atual prefeito. Segundo fontes, as razões que lavaram a vigilância sanitária do município a interditar a creche foi uma possível infecção do vírus Rota Vírus; ainda segundo fontes, a possível incidência desse vírus seria devido às péssimas condições de higiene; ainda segundo fontes, essa problema aconteceu devido à falta de materiais de limpeza. Ainda segundo outras fontes, outras creches só não se encontram na mesma situação devido à ação dos pais que levam os produtos para as creches. Ora veja essa situação, traz à tona outro problema, que é o abandono da saúde preventiva no município, pois a interdição da creche comprava o descaso com a saúde como um todo. O mais grave nisso tudo, é que a manutenção das creches, e todos os seus custos, entra no percentual de 25% de tudo aquilo que o executivo arrecada, e que por lei deveria aplicar, e/ou gastar na educação; considerando a precariedade do setor educacional desde a entrada do PT na administração, e considerando ainda o volume da arrecadação municipal; precisamos saber onde é que estão gastando a verba da educação. O único fato positivo nesse episódio a ser ressaltado, foi à atuação isenta da vigilância sanitária, pois ao interditar a creche, cumpriu com a sua função, e no uso de suas prerrogativas zelou pela saúde das crianças que frequentam aquele local. Não tenho a menor dúvida, que providências enérgicas devem ser tomadas pelas autoridades competentes, e nesse caso, apenas o MP local pode fazer alguma, pois o executivo é subserviente ao prefeito devido aos cargos dos amigos ou parentes, e assim sendo, farão vistas grossas para esse fato gravíssimo. Com relação à secretaria da saúde, certamente seus chefes estão muito mais preocupados em perseguir os funcionários, por isso, não sobra tempo para zelar pela saúde do povo.

VIGILÂNCIA SANITÁRIA INTERDITA CRECHE

A vigilância sanitária municipal interditou a creche e/ou escola infantil Juventina Morena de Oliveira. A interdição aconteceu na tarde de ontem , segundo informações, a interdição aconteceu devida as precárias condições de higienes, ainda segundo fontes, a escola infantil não possuía sequer os produtos utilizados para a higiene das crianças. Essa situação além de lamentável, é a prova do fracasso do governo do PT no município; alias, essa situação vem sendo denunciada aqui no blog já faz muito tempo, pois a falta de material de limpeza ou de material escolar nas escolas da rede municipal é fato corriqueiro no governo do MITO. O fechamento de uma escola infantil pela vigilância sanitária do município é um fato inédito, e reforça a falta de responsabilidade do chefe do executivo com a saúde das crianças que utilizam as creches da nossa cidade, sem duvida é um fato muito grave, pois a falta de higiene coloca em risco a saúde das crianças. Esse fato deve servir de alerta, pois quem garante que essa é a única escola infantil que não possui condições de receber as crianças. Na verdade, esse fato precisa ser apurado pelas autoridades, e não tenho dúvidas que o Ministério Público de Vacaria, precisa investigar esse fato e punir os responsáveis. Afinal de contas estão colocando a saúde das crianças em risco, e os irresponsáveis precisam ser punidos na forma de lei e com todo o rigor.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

ATÉ QUANDO?

A situação da nossa cidade é precária. A cidade da propaganda do PT, não existe; essa conversa fiada de obras do PAC é/ou milhões em recursos do governo federal são apenas mais uma grande mentira. Vou repetir conversa pra boi dormir. O prefeito local segue a cartilha do seu partido, usa os mesmo artifícios da sua presidenta para iludir o povo, com o objetivo de conseguir votos; aqui não funcionou. Seus candidatos perderam feio, colheu aqui que plantou. O atual prefeito (MITO), esta no governo há quase seis anos, falta menos de dois meses para completar esse tempo; e ao longo de tempo, a única coisa que fez foi empregar cabos eleitorais. A chuva de ontem, deixou claro a sua inércia, ou melhor, a falta de capacidade administrativa, pois novamente alguns pontos da cidade ficaram alagados. Mas acontece que, ao longo de sua administração esses alagamentos já aconteceram mais de uma dezena de vez. Claro que esse problema não nasceu junto com seu governo, vem do passado, mas quem assume um governo, assume o ônus e os bônus, mas infelizmente ao que tudo indica nada será feito. É correto afirmar que o povo não colabora, joga lixo na rua, coloca lixo no chão ocasionando o entupimento das bocas de lobo; mas também é correto dizer que o governo não faz a sua parte, pois não faz a correta limpeza dos rios que cruzam a cidade, não melhora a drenagem, não trocou ainda a rede de escota nos pontos de alagamentos, e assiste tudo sem fazer nada. Certamente gastar milhões em propaganda, e empregar mais de 1.000 cargos de confiança são muito mais importante para nosso desenvolvimento; por isso deixa alagar ruas e casas, pimenta no dos outros é colírio. Com relação aos riachos de nossa cidade, moradores próximos ao moinho Vacaria, reclamam do acúmulo de lixo dentro do rio, e do mau cheiro devido ao esgoto sem tratamento, pois apesar da propaganda pré-eleitoral dizer que nosso esgoto seria todo tratado, devido ao novo contrato com a Corsan, até agora nada foi feito. As fotos abaixo não deixam dúvidas. Créditos Angel Ciota.

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

A REALIDADE APÓS O PLEITO

Estava inclinado a não comentar mais nada sobre a eleição do último domingo. Passei a semana resistindo, mas hoje cheguei ao meu limite. Acontece que ao longo da semana uma serie de entrevistas e/ou acontecimentos relacionados à economia, ao dia a dia do nosso Brasil, impendem que tudo isso seja ignorado. Vou começar aqui pelo nosso município, o prefeito alheio a nossa realidade, vivendo no seu mundinho de faz de contas, concedeu entrevistas dignas de quem desconhece a realidade local, desconhece a realidade da economia nacional, e parece que ainda não percebeu que sua reputação junto ao povo de Vacaria, esta abaixo de zero. Com relação a sua cotação junto ao povo local, foi uma postagem feita por ele na sua pagina de relacionamento, com elogios a Dilma, que foi alvo de críticas e até ofensas, levando ele a excluir a sua postagem. Mas para comprovar a sua alienação, ele foi para as rádios oficias, dos comunicadores comprometidos com seu governo, para mais uma vez mentir, para fantasiar. O ex-mito, fala de obras, fala de recursos, que só existem no seu imaginário virtual, o asfalto cantado em prosa e verso, é um empréstimo junto a Caixa Federal, e que mesmo que ele consiga concluir seu governo, devido às condenações, e permaneça mais dois anos na chefia do executivo, não vai pagar uma parcela sequer; e a dívida, será paga pelo sucessor. O exemplo da Dilma vai entregar o município endividado ao seu sucessor. Cabe lembrar que no caso da Dilma, ela não entregou o governo, mas vai começar o seu segundo mandato com o país completamente quebrado. O prefeito fala em unidade da via popular, e da sua manutenção; ou ele é muito ingênuo ou é um bravateiro, pois ele sabe que todos os partidos da sua base são sangue sugas, que não são governo, estão no governo, que só querem se aproveitar do dinheiro do povo, a sua base na câmara é movida a cargos; e o pior nisso tudo, é que o prefeito não tem coragem de demitir os CCS do PSB e do PSDB cujo seus vereadores são da oposição, ou fazem de conta que são. A nível nacional, o Brasil esta quebrado a situação da nossa economia é a pior da história; tanto que o programa Bolsa Família que foi o carro chefe da campanha, custa aos cofres públicos ao longos do ano, a metade do valor pago de juro pelo governo federal apenas no mês de setembro. O custo da Bolsa Família ao longo dos 12 meses do ano gira em torno de 20 bilhões de reais, e o juro pago só no mês de setembro pelo governo federal ultrapassou a casa de 45 bilhões de reais, a mentira para se reeleger, e as falcatruas foram grandes, mas agora chegou à fatura. A presidente reeleita, ainda esta sob a mira das denuncias do roubo na Petrobras, o calvário da presidenta, apenas começou, e o PMDB esta com um olho no gato e outro no peixe; só esperando a hora certa para atacar, se tornar governo, pois tem o vice.

terça-feira, 28 de outubro de 2014


Passado dois dias da eleição, quero fazer uma análise do resultado. A nível nacional venceu o abuso de poder, o desrespeito às leis eleitorais, o uso da máquina e do terrorismo. Aqui no estado, mais uma vez o gaúcho disse não a mentira, por isso não reelegeu o governador. Quero ressaltar que nesse caso o gaúcho diz\ não a quem não governa bem, sem olhar para seu partido. A nível nacional ficou explicito que mais de 37. Milhões de brasileiros são alienados e não se interessam com o destino do Brasil. Mas quero analisar o resultado aqui no município. A derrota do PT foi arrasadora, aqui ficou claro que povo não quer mais ouvir falar em PT. Ainda com relação ao partido do prefeito, quero reafirmar o seu descrédito, pois uma postagem feita por ele na sua pagina do facebook na qual ele aparecia fazendo um gesto de carinho com a presidenta, após mais de 150 comentários com criticas pesadas contra sua postagem, a mesma foi retirada da sua pagina. Ainda com relação ao prefeito e seu governo, ele ainda não caiu na realidade, pois o povo sabe que esses asfaltos não são obras do PAC, são empréstimos que serão pagos pelo município, o povo sabe que a base aliada que segundo ele continua unida, é na verdade um conjunto de pessoas que apenas se aproveitam do governo com cargos e mais cargos. O prefeito disse que a base vai unida e que os dez partidos da base estarão juntos na próxima eleição; nesse caso que ressaltar o seguinte: nem ele, e muito menos os vereadores do PSDB e do PSB, podem falar em ideologia, pois o prefeito um não tem coragem de demitir os cargos dos dois vereadores que se dizem oposição, por outro lado, os dois vereadores não querem perder a teta dos seus cargos; ai um finge que fala a verdade, e os outros fingem que acreditam.
Com relação ao PMDB que elegeu o governador, ouvi algumas entrevistas, nas quais entrevistadores e entrevistados diziam que o PMDB é o maior partido de Vacaria, mas atribuir à votação do governador eleito à força de seu partido aqui no município. Com a devida vênia, tenho quer discordar, pois o candidato Aécio Neves foi o mais votado aqui em Vacaria, e o PSDB praticamente não existe aqui, é o pior seu vereador é da base do PT na câmara. O PMDB é um grande partido aqui no município, tem lideres com experiência, por isso, vai saber lidar com os aproveitadores que vão surgir aos montes, muitos ratos de navio que hoje ocupam cargos no governo do município certamente vão começar a preparar terreno para migrar para a base do PMDB. Uma coisa é certa, a eleição municipal só acontece em 2016, mas já começa a ser pensada, articulada, e teremos com certeza no mínimo quatro candidatos. Com relação ao partido progressista, se tem alguma pretensão, antes precisa se reorganizar, começando pela câmara separando o joia do trigo.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

DESESPERO OU DESRESPEITO


                                                                                                                                                                                
O vídeo abaixo não é de minha autoria, mas retrata de forma inquestionável a falta de respeito do chefe do executivo. Uma imagem vale por mil palavras, assim sendo, o vídeo não deixa a menor dúvida, o MITO não tem noção da liturgia de seu cargo, acho que por isso comete tantos deslizes. Esse fato aconteceu na terça feira à tarde, quando o prefeito abandonou suas funções para na maior cara de pau sair às ruas pedindo votos para seus candidatos. Na companhia do prefeito honorário de Vacaria, deu um belo exemplo daquilo que não deve ser feito por um prefeito, inclusive estacionando um carro de som em local proibido, só saindo do local após intervenção da guarda municipal. Com relação à guarda quero parabéns pelo conduta séria e coerente, pois agiu dentro da lei sem se importar quem era o infrator;pois ninguém esta acima da lei.










video





O USO DA MÁQUINA NA CAMPANHA

Estamos a pouco mais de três dias da eleição. A campanha chega à reta final, e no domingo o povo decide quem será o nosso governador do estado e o nosso presidente. O partido dos trabalhadores parece que estão assustados, apesar do Ibope e Datafolha, os petista usam e abusam da máquina para tentar se mantiver no poder. Aqui no estado a derrota e certa, o povo vai mandar o atual governador para casa; na disputa presidencial, parece que o ciclo do atual governo esta chegando a fim. O povo cansou do Mensalão e agora Petrolão. Aqui em Vacaria o executivo mais uma vez desrespeita a legislação eleitoral, e usa um evento oficial para fazer campanha para seus candidatos, foi o que aconteceu na abertura da feira do livro. Mas o uso da máquina não para por ai, acontece que, a coordenadoria da juventude, que é um cabide de emprego com fins meramente políticos, onde os dois CC nomeados para a função estão no cargo apenas para fazer politica para o PT, para divulgar o programa do PT no meio estudantil. O fato de ter dois CC ganhando para fazer politica já é um absurdo, ainda mais que um dos dois nomeados nesse departamento consegue trabalhar num banco e ao mesmo tempo no município recebendo o mesmo salário que recebia quando desempenhava essa função partidária apenas no executivo. Considerando que a função dos dois CC e meramente política, para fazer jus ao cargo, o atual coordenador da juventude, esta promovendo palestra nas escolas, com o pretexto de reativar a UVES, e usando desse artifício e com a outorga das diretoras, usa esses encontros para fazer campanha para o candidato do PT ao governo do estado e para a candidata a reeleição a presidente da república. Não tenho dúvida que estamos diante de um crime eleitoral, e é preciso que a justiça eleitoral e/ou o Ministério Público tomem as medida cabíveis ao caso e apliquem as sanções cabíveis a esses infratores. 

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

RETA FINAL DE CAMPANHA

A campanha eleitoral chega entra na reta final, estamos a quatro dias do pleito. Na corrida presidencial, os institutos novamente tentam manipular os números para favorecer a candidata governista, A julgar pelos últimos acontecimentos aqui em Vacaria, é possível concluir, que a coisa não esta boa. Na abertura da feira do livro, o prefeito honorário de Vacaria, mas que é deputado federal, usou o microfone para discursar na abertura da feira, para pedir votos para a candidata a presidente do seu partido; e para o candidato ao governo do estado. Usar um evento público para fazer campanha entendo ser um ato ilegal, que fere a legislação eleitoral, mas na visão do PT isso é coisa normal. Após o ato de inauguração, os dois partiram numa caminhada solitária pelas ruas da cidade falando em um mega fone, patrocinando uma cela hilária, pior é que em alguns casos chegavam a ouvir gritos e insultos, os adjetivos eram os mais variados.

CARREATA


A campanha de Aécio Neves e Sartori, esta convidando os simpatizantes, para uma grande carreata na tarde de hoje. Aproveitando o feriado do dia de Vacaria, a carreata vai sair das 15 horas do estádio municipal Francisco Gerra; os organizadores esperam contar com um grande numero de adeptos aos dois candidatos. Considerando a votação do primeiro turno, é possível prever que aqui em Vacaria a dupla Aécio e Sartori vai fazer a maioria dos votos.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

A EXPOVAC



Ao longo da semana comentei nas paginas de relacionamento, sobre a expovac. Nos meus comentários, questionei o alto custo do ingresso para entrar no parque, pois devidos aos shows, ninguém poderia entrar sem pagar o valor do ingresso para assistir os espetáculos, mesmo não querendo assistir. Como vivemos numa democracia, apesar do PT, recebi algumas críticas, e as aceito sem problema, pois não sou o dono da verdade, respeito as opinião contrárias. Por outro lado, quero mais uma vez reafirmar que, não faço parte da imprensa (oficial) aquele que ganha para ser omissa, que é subserviente ao governo do PT, que emprega esposas na prefeitura e/ou que fatura alto com as propagandas do executivo local que gastam milhões nesse quesito. Ao contrário da imprensa que antes do PT se instalar no governo, fazia reportagens diárias com a unidade móvel nos bairros, com entrevistas interativas, que chegava a levar bolo para comemorar aniversário dos buracos pelas ruas da cidade, e hoje faz vistas grossas e se nega a levar ao ar reclamações da comunidade.

Mas voltando ao tema expovac, quero ressaltar e cobrar explicação do executivo sobre algumas coisas que ainda não foram esclarecidas. Segundo fiquei sabendo, a prefeitura firmou convênio com a associação rural, que é quem organiza o evento no valor de R$ 30.000 (trinta mil reais) imagino que esse valor tinha como objetivo ajudar nos custos do evento. Acontece que, os espaços vendidos custavam caro, o ingresso para entrar no parque igualmente caro, e ao que tudo indica, a organização e o comando do evento ficaram a critério do secretário municipal de desenvolvimento; e segundo suas postagens foi ele o grande responsável pela organização. Por isso, quero fazer alguns questionamentos com relação a esse evento. 1- Quem organizou o evento? 2- Qual a destinação do valor repassado pelo município 3- Quais os critérios usados pra escolher uma única marca de cerveja para ser comercializado 4- Qual a razão para repassar os shows para uma empresa de fora que veio aqui em Vacaria. O secretario precisa explicar de quem era a responsabilidade da festa, pois se era do município a escolha da empresa que vendeu a sua cerveja precisava passar por uma concorrência, se os shows eram sob a responsabilidade do município o secretario não poderia ficar fazendo sorteio de ingressos e muito menos se promovendo à custa do dinheiro público. Por outro lado, se o município não era quem organizou da mesma forma não poderia ficar se auto promovendo, afinal de contas à associação rural e dos produtores associados, e nem eles tinham livre acesso ao parque do qual são os verdadeiros donos; além disso, o poder público não pode e não deve se envolver e negociações envolvendo exclusividade na venda de bebidas e muito menos na contratação de shows, pois para isso acontecer e para o bem da transparência, tudo precisa ser licitado, colocado às claras em pratos limpos. Cobrar a transparência nos gastos do nosso dinheiro, não quer dizer ser contra os grandes eventos, ser contra grandes shows. Mais uma vez quero repetir que no serviço público não basta ser honesto, tem de parecer honesto, ainda mais num momento em que o povo brasileiro a cada dia é brindado com novos escândalos de corrupção (roubalheira) patrocinada pelos governos do PT. É inegável que a feira foi diferente, shows e até voos panorâmicos com uma aeronave, que segundo ouvi dizer, esses voos teriam sido patrocinados por empresas; ainda não sei quais empresas e por qual motivo, mas em breve pretendo descobrir a razão e/ou a finalidade desse tipo de serviço e quais os benefícios trouxe para o evento. Quero mais uma vez reafirmar que o uso de dinheiro público precisa ser explicado sempre, afinal falta verba para saúde, para educação, para ajudar a ONG passo amigo, mas sobra para autopromoção. Queremos uma explicação plausível para o caso.

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

PERSEGUIÇÕES

PERSEGUIÇÃO

Perseguir funcionários já virou uma prática comum na administração do PT aqui em Vacaria. Já comentei por diversas vezes essa situação, e ao que tudo indica, a secretária da saúde é a campeã no quesito; mas isso acontece em todos os setores. Faz alguns dias que comentei esse fato devido a denuncias que recebi de alguns funcionários, mas o interessante é que muitos outros entraram em contato comigo, pensando que meu comentário e/ou denuncia era referente ao seu caso. Acontece que depois que fiz a postagem a secretário promoveu uma verdadeira caça as bruxas, insultou uma funcionária na frente dos colegas e pacientes durante seu trabalho; essa não é primeira vez que a secretária age dessa maneira, por isso, já responde processo na justiça local.


HOSPITAL


Comentei aqui no blog já faz alguns dias, sobre uma situação que estaria acontecendo no hospital. Naquele comentário falei sobre uma nova exigência do hospital, na qual o médico tinha que justificar o motivo da internação. Recebi na semana passada uma ligação do diretor técnico do hospital Dr. Jonatas, que deu a sua versão e/ou a versão do hospital. Como toda a história tem três versões, a minha, a tua e verdadeira, costumo ouvir as duas partes. Segundo o Dr. Jonatas, o hospital apenas cumpre as normas, e que segundo ele alguns profissionais não preenchem os formulários, ainda segundo ele isso acarreta em problemas para o hospital. Disse ainda que essa situação era uma represália de alguns médicos da grade SUS devido uma decisão judicial que obriga os mesmo a manter o atendimento. Conversei com DR. Marco Mahfus, que também colocou sua versão e me disse que o caso já virou denuncia no Ministério Público, e ainda segundo ele os documentos que foram entregues ao MP foram adulterados. Esse caso parece que esta apenas começando, e pelo andar da carruagem vai longe; espero que na briga entre o mar e o rochedo não sobre para o marisco, que nesse caso é o paciente. Quero ressaltar que aqui no blog tenho comentar  as duas versões sem tomar partido, quero ressaltar ainda que tenho um boa relação de amizade com os dois médicos.

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

APESAR DA FARSA DAS PESQUISAS

Apesar das pesquisas, o povo deu o recado. Dizer que os institutos erram, é fazer vistas grossas para as falcatruas, passar a mão na cabeça de gente sem escrúpulos; pois a intenção dessa gente era única e exclusivamente prejudicar a oposição e favorecer o PT. Esse filme eu já vi, aconteceu aqui em Vacaria na eleição de 2.000 quando uma pesquisa falsa foi publicada para prejudicar o candidato do PP. O certo é que o povo deu o recado, cansou desse governo, cansou dos governos enganadores que tentam iludir o povo com propagandas, com mentiras; nada como um dia após o outro. Mas ainda não foi dessa vez, falta o segundo tempo, o jogo apenas começou, alguns corruptos já ficaram pelo caminho, e outros que tentaram voltar se deram muito mal. O povo tem em suas mãos a arma para acabar com essa gente, agora é apenas um tiro, mas a bala tem um calibre 45, e vai ser assim que vamos liquidar com essa gente.

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

ELEIÇÃO 2014

.
Na reta final da campanha, e eleição esta indefinida. Essa é a situação para o governo do estado e para presidente de república; quem vai enfrentar Dilma ou quem vai disputar o segundo turno no RS ainda não é seguro afirmar. A tendência é Tarso e Ana Amélia.

CAMPANHAS PARA DEPUTADO


Todos sabem que os candidatos a deputado buscam apoios nos municípios para reforçar suas campanhas, os vereadores são os mais procurados, a maioria chega a cobrar para fazer a campanha; outros estão quitando a fatura devido ao apoio financeiro por ocasião da eleição municipal. Aqui em Vacaria vários vereadores (as), estão em campanha para deputados estaduais e federais, a maioria os dois casos. Acontece que, tem vereador (a) usando de seus assessores para fazer esse serviço, considerando que o assessor parlamentar tem como sua auxiliar o vereador nas tarefas referentes ao seu mandato, no gabinete ou externo, mas sempre para serviços relativos ao seu mandato. Assim sendo, utilizar o assessor que é pago com dinheiro público para fazer campanha para um determinado candidato durante o horário de serviço não esta correto, é uma irregularidade, arrisco dizer que é um crime. Essa situação esta acontecendo na câmara de vereadores de Vacaria, tem edil usando a máquina para fazer campanha, e o pior é que recebe do candidato para fazer campanha. Essa situação deveria ser investigada pelo MP, pois além de crime pode ser considerado uma espécie de caixa II, já que esse serviço não esta sendo cobrado e muito menos declarado.

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

A HORA DE DECIDIR O NOSSO FUTURO


A campanha chega a sua reta final, cabe ao povo decidir qual Brasil ele quer. O eleitor tem nas mãos a chave para o futuro, cabe a ele decidir, quem esta satisfeito com roubalheira, com partidarização das instituições, com o uso do dinheiro público em favor de partidos e políticos da base aliado ao partido dos trabalhadores deve votar no governo; quem quer um Brasil livre e soberano deve votar na oposição. Cabe a você leitor decidir o seu futuro, o futuro de seus filhos e de seus netos; ao apertar o numero e a tecla confirma, é uma decisão que pode mudar sua vida; e cabe a cada um de nós decidir.

O partido dos trabalhadores usa e abusa das estatais, dos seus cargos de confiança (CC), espalhados aos milhares pelo Brasil, para fazer campanha durante o horário de expediente, usa a máquina pública ao seu favor e contra seus adversários; sem escrúpulos usa e abusa do poder. O caso envolvendo os correios é apenas mais um exemplo do terrorismo implantado pelo PT contra seus opositores, essa prática é adotada em todos os níveis de poder, inclusive com o poder judiciário. A ação do PT começa nos municípios, passa pelos estados e tem seu ápice no governo federal. Aqui na nossa cidade, o executivo persegue funcionários, e libera cargos de confiança para fazer campanha em pleno horário de expediente, e corta o ponto dos funcionários concursados que excedem há um minuto o tempo de tolerância; segundo os chefes, estão apenas cumprindo determinação do tribunal de contas. Gostaria de perguntar ao prefeito e aos seus chefes, se o tribunal de contas autoriza, permite o uso de CC para fazer campanha durante o horário de expediente? O prefeito usa placas para enganar o povo dizendo que as obras de asfaltamento são oriundas do PAC e por ação de seu padrinho politico candidato a reeleição, mais das tantas mentiras, pois essa obra é fruto de empréstimo junto a Caixa Federal que será paga pelos futuros prefeitos, e não tem nada com PAC e muito menos com ação de seu padrinho politico, aquele cujo marido da secretária usava os carros do município para viajar. O uso indevido dessas obras é claro, e fica muito mais evidente quando um vereador cujo seu partido faz parte do governo, usa sua pagina no face para denunciar esse tipo de mentira, quem quiser conferir é só acessar a pagina do vereador Alexandro Dalla santa. Outro caso envolvendo discordo na paternidade das verbas pode ser conferida num bate boca entre membros do PTB, o ex-presidente Lauro Pires acusa o atual secretário Flávio Rokoski de atribuir ao seu deputado à autoria de verbas que nada tem haver com a ação desse deputado; vale a pena conferir, pois nem entre eles estão se acertando, na hora da disputa pelo voto a cordialidade acaba; o certo é que o governo mente e usa e abusa dos órgãos públicos e do nosso dinheiro para se mantiver no poder.

HOSPITAL


A saúde vai mal em todo Brasil, aqui em Vacaria a coisa fica pior a cada dia. Acontece que os gestores da nossa saúde a cada dia inventam mais burocracia visando dificultar o acesso ao atendimento. A ultima noticia vem do Hospital o nosso HNSO, segundo um paciente que me ligou, o diretor técnico e o diretor do hospital, agora estão exigindo justificativas para aceitar a internação de um doente. Olha exigir justificativas vai além do absurdo, chega a ser um ato desumano; qual a melhor justificativa para uma internação que a própria doença, que a solicitação do médico, ainda mais que o doente vai ser internado pelo SUS, e ninguém em perfeito juízo vai pedir para passar alguns dias na ala SUS gozando férias.