terça-feira, 6 de dezembro de 2016

O TIME DO NOVO GOVERNO

Ao que tudo indica, o futuro prefeito já escalou seu time, pelo que sei falta apenas o anuncio do secretário da saúde . Mas com relação a essa pasta, é publico e notório , que esta enttegue aos cuidados do ex-secretário Douglas, que na opinião do futuro  prefeito é quem mais entende do tema na região. Considerando-se as suas promessas de campanha , esse setor é a menina dos olhos do governo. Aliás , o ex-secretário já comanda a pasta, e caso na assuma oficialmente , fica comandando a secretaria a exemplo do que vai acontecer com a geral de governo, que será comandada pelo seu irmão prefeito derrotado em Monte Algre.
A promessa de rduzir secretarias, não vai acontecer, permanecendo o mesmo número, mas comandadas pelo ajunto; ou seja, seis por meia duzia em materia de economia .
O futuro governo, já contabiliza uma disputa acirrada pelo poder dentro do governo, mesmo negada publicamente , nos bastidores é certo a quebra de braço entre Douglas e Gilmar ; sendo que o ex - secretário leva uma larga vantagem na montagem do governo, justiça seja feita, enquanto o primeiro tava fazendo campanha aqui, o segundo só se preocupou com a sua eleição , mas a sua derrota histórica, acabou causando problemas na montagem do govrrno, pois tudo passa pelo crivo dos irmãos .
Montendo sua tradição , o prefeito eleito monta seu time com pessoas de sua confiança, esse é o requisito basico, basta dar uma olhada nas indicação.

O povo espera com anciedade pelo governo de Amadeu, afinal de contas, segundo suas peomessas, em Janeiro acaba a falta de consultas, de exames especializados, de fila nos postos, e de dentistas, e todos profissionais da saúde vão bater ponto e cumprir com seu horário .
Além da saúde , a Usina Asfaltica vai trazer para o bairro o asfalto a custo zero. A instalação de novas fabricas, só vai acontecer após a instalação do novo distrito Industrial , a ser instalado na Br 285 , onde o prefeito pretende desapropriar mais de 150 has para oferecer aos empresários .
Sem duvida alguma uma nova Vacaria, começa em Janeiro, tanto que os indicados ja trabalham na transição desde o Mês de Outubro .

Com relação ao apoio no legislativo , segu do fo tes esta tudo acertado, mas a grande maioria dos guturos vereadores , já firmou posição , aprovaram tudo que for para o bem do povo. Com relação aos que não tem segundo grau, segundo fontes , todos já se debrucaram em cima dos livros , assim sendo, a nova administração já surtiu efeito, e a educação é prioridade .

sábado, 19 de novembro de 2016



TIME ESCALDO

Com a definição dos nomes da secretaria de obras, fazenda e planejamento, o prefeito escalou o seu time titular, o primeiro escalão, aqueles que terão a missão de mudar Vacaria, de cumprir com as promessas de campanha de Amadeu Boeira. A definição do nome que vai comandar o planejamento, era aguardada com grande expectativa, pois ao longo da campanha, Amadeu deixou claro que essa seria a secretaria mais importante do seu governo, aquele que teria a missão de planejar uma nova cidade, de criar projetos, de encaminhar projeto ao governo federal, projetar o viaduto da Julio de castilhos, de dar mobilidade ao trânsito, de melhor a vida das pessoas, na verdade de planejar a nossa cidade. Por isso, foi buscar um homem preparado, com larga experiência, um profissional capaz de respeitado junto sua classe, e assim pagou uma divida de campanha, pois o futuro secretário abriu mão da vaga de visse depois da chapa formada, para possibilitar a coligação com o PMDB, que apesar de pouco acrescentar, na época todos imaginavam ser indispensável para vencer a eleição, mas o resultado mostrou que na pratica não se confirmou, tanto que das cinco secretaria que o PMDB tinha direito levou apenas três é já foi de bom tamanho.


Considerando que o prefeito não pretende preencher todas as pastas, é possível afirmar que no máximo mais uma ainda será preenchida, no caso a secretaria de desenvolvimento, pois as restantes serão comandadas pelo prefeito para economizar gastos, a geral de governo terá no comando seu irmão mas extra-oficialmente, uma vez que a lei da escolaridade não permite sua nomeação, será um ministro sem pasta; mas assim que concluir o segundo grau através das provas vai ser nomeado, o mesmo acontecerá coo m vereador do PPS Antonio Almeida, que caso conclua o segundo grau assumira obras que tem com secretário tampão o vice prefeito.

A escolaridade exigida, vai impossibilitar algumas nomeações para companheiros que ocupariam os escalões inferiores, mas por outro lado, vai incentivar essas pessoas a voltar a estudar, e;ou a prestar provas, melhorando assim a sua escolaridade.

Sem sombra de duvidas, o prefeito escolheu um grande elenco para o primeiro e segundo escalão de seu governo, e essas pessoas, serão os responsáveis pelo bom andamento de seu governo, todos sabem que devido a grave  crise econômica nacional, terão que tocar seus projetos com verbas do orçamento municipal, que diga-se de passagem, é muita grana, no caso da saúde, ultrapassa a casa dos cinquenta milhões por ano, com esse recurso, certamente acabara a  fila de exames, de cirurgias eletivas, a falta de remédios, de médicos em todas as especialidades e de dentistas pelas unidades de saúde da cidade.

As ruas da cidade ganharam uma nova cara com a instalação da usina de asfalto, e novas empresas chegaram com o nono distrito industrial, esse é o desafio do futuro governo e de seu time de secretários.


OPOSIÇÃO E BASE DO NOVO GOVERNO

A base do futuro prefeito no legislativo, é formada pelo seu partido PSDB, com dois vereadores, e pelo PMDB, também com duas cadeiras, é de conhecimento que já existe acertos com vereadores do PDT e do PPS, tanto que o atual assessor jurídico amigo do futuro prefeito e pai de um dos vereadores eleito pelo PSB, vai assumir a assistência judiciária do município junto com a filha da presidente do PMDB, mesmo assim, ainda não tem a maioria. O partido progressista negocia sua participação, trocando o apoio de seu vereador por cargos no governo, apesar de ser o partido que mais atacou o futuro prefeito, em politica o que vale são os cargos e teu inimigo hoje é o fiel escudeiro amanhã, não me alinho a esse tipo de negociata.



COMPRA DE VOTOS

A compra de votos é crime, e pode dar cadeia, a prisão do ex-governado do Rio de Janeiro, Garotinho é um exemplo; aqui na nossa cidade, desde a divulgação da noticia do inquérito que apura uma possível compra de votos, agita o mercado politico da cidade. Na verdade, a compra e/ou venda de votos é um assunto que sempre circula em todas as eleições, mas esta mais que na hora de dar um basta, ou exite ou não existe. As evidências ao longo da campanha não podem e não devem passar despercebidas, pois até um cego conseguia ver. Com relação aos nomes de possíveis envolvidos, ainda não é de conhecimento público, por isso, gera especulações sobre os nomes dos envolvidos, considerando que o fato já é passado, resta aguardar a conclusão do inquérito; mas todos esperam uma resposta firme da justiça.



quinta-feira, 17 de novembro de 2016

COMPRA DE VOTOS

A investigação da possível compra de votos, esta em fase final, conforme noticiou a rádio Fátima, no dia ontem; o assunto é de interesse público. Conforme a noticia, mais de 400 paginas é o inquérito policial, que esta em fase de conclusão e após vai para justiça.

Ainda não é de conhecimento público, quem são os envolvidos, e muito menos qual cargo concorriam, nas conversas de rua, o assunto gera especulações, uns dizem que tem dois ex- candidatos ao executivo, outros falam em três, e mais candidatos ao legislativos; uma coisa é certa, a policia vai definir se houve ou não compra de votos.

Quem andou pelos bairros da cidade, viu com o próprios olhos alguns fatos, que deixavam evidente essa prática, além disso, a boataria era geral, e os atores, velhos conhecidos; mas nunca deu em nada. Além da possível compra de votos, as prestações de contas da maioria dos candidatos, é uma verdadeira piada; os valores declarados, já mais seria suficiente para pagar a estrutura de campanha montada por esses candidatos(as). A famosa cesta  básica, é o objeto mais falado, segundo dizem, era o produto mais usado para as negociações, se é verdade ou não, o inquérito policial vai dizer.( Yo no creo en Brujas, Pero que las hay, las hau)

Essa investigação, precisa ser rápida, pois em breve os eleitos serão diplomados, e caso exista entre os eleitos, alguns dos investigados, impedir sua diplomação, evitaria problemas futuros; considerando o momento histórico que vive o Brasil, não podemos aceitar esse tipo de conduta.

Além da compra de votos, o povo espera respostas sobre a baixaria de campanha, e as calúnias jogadas nas redes sociais, segundo um membro de uma das coordenações que disputavam a majoritária, as baixarias e calunias eram orquestradas pelo marqueteiro e a divulgação nas redes sociais tinha a anuência da chefia. A tecnologia existente, possibilita o rastreamento da origem desse tipo de denuncia.

Ainda com relação a compra de votos, caso comprovada a prática criminosa, em casa de eleito, pode perder o mandato, e os não eleitos, os direitos políticos.



quarta-feira, 16 de novembro de 2016

O NOVO GOVERNO

O prefeito eleito, corre contra o tempo para montar o seu governo, faltando pouco mais de 30 dias para o início do seu governo, apenas três secretários foram anunciados, essa situação é em decorrência da lei que exige segundo grau para ocupar cargos de CC; já que dois dos secretários anunciados não tinham a escolaridade exigida.

Segundo fontes, o prefeito deve anunciar mais dois secretários, fazenda e obras, que deve ser ocupada pelo vice prefeito, Considerando que o prefeito pretende deixar algumas pastas sem secretários, como é o caso da geral de governo que seria ocupada pelo atual prefeito de Monte Alegre, seu irmão, ficara sob a tutela o próprio prefeito.A secretaria da saúde ainda sem definição, deve ser ocupado pelo ex-secretário Douglas, que é um profundo conhecedor da área. no caso ainda restam planejamento que segundo o prefeito afirmava em campanha é o coração da administração, a mais importante das secretarias, desenvolvimento também deve ser preenchida, pois é a responsável pela busca de novas empresas. Além das secretarias, alguns órgãos de extrema importância, ainda não tem os nomes, coo é o caso da guarda municipal.


A transição ocorre normalmente sob o comando da comissão de transição, que já detectou que a situação financeira é muito preocupante; razão pela qual, a escolha do secretariado pode ser decisiva para superar a crise financeira atual.

Com relação a verbas do governo federal, a viagem do prefeito serviu para se inteirar melhor da situação precária da economia, voltou sabendo que verbas do governo federal para o município vai ser coisa rara; por isso, administrar o orçamento municipal é a única saída para realizar um bom governo, enxugar a máquina e fazer uma auditoria é uma necessidade clara. Assim sendo, precisara de uma boa equipe para poder atender as necessidades do povo e cumprir as promessas de campanha.






quinta-feira, 10 de novembro de 2016

RETIRADA DO PROJETO
AO prefeito municipal  por meio de entrevista confirmou a retirada do projeto da escolaridade mínima, falou que a lei que criou essa exigência, é muito extensa, e que por isso, passou despercebido essa obrigatoriedade para ocupantes de cargos de chefia. mas reafirmou que enviou o referido projeto por solicitação de um membro da equipe de transição; na verdade a atitude do prefeito foi a mais adequada,  cortou o mal pela raiz, com relação a eventuais nomeação no seu governo, já é fato consumado, caberá ao novo prefeito decidir como vai resolver o problema, mas dificilmente a câmara de vereadores vai mudar a lei, assim sendo, quem não tem o segundo grau não poderá estar no governo, pois agora essa lei se tornou conhecida, e apesar de ser a única cidade no estado que tem essa exigência, agora ou muda a lei ou quem não tem a escolaridade vai ter de voltar aos bancos escolares, e/ou fazer aqueles provas que possibilitam a conclusão do primeiro e do segundo grau sem cursar regularmente.

Ainda com relação ao segundo grau, circula na cidade, boatos dizendo pretendentes a cargos no executivo sem o segundo grau poderiam comprar um certificado; quero refutar essa possibilidade, pois aqueles que concorreram na última eleição, a lei eleitoral exige que o candidato informe sua escolaridade, e todos que concorreram informaram para justiça, assim sendo, ninguém concluiria o segundo grau em pouco mais de 30 dias após a eleição. Qualquer tentativa de maracutaia é crime, e certamente daria cadeia.


POLICIA CIVIL 

A policia civil de Vacaria, sem sombra de duvidas é um exemplo para nosso estado, a capacidade, e a dedicação de todo o efetivo, vem sendo decisiva na elucidação de quase todos os crimes que acontecem na nossa cidade, e na região de sua abrangência.  O caso do assassinato em Campestre da Serra, a prisão dos abegiatários são penas dois exemplos, pois o combate ao tráfico de drogas também tem sido exitoso. Por isso, não tenho duvidas que a investigação das denuncias feita na campanha eleitoral, tais como compra de votos e calunias através das redes sociais em breve terão os autores identificados; pois segundo fontes essas calunias eram arquitetadas por marqueteiros e membros da coordenação.



CANDIDATOS 
faltando dois anos para próxima eleição, já surgem os primeiros nomes para disputar uma cadeira na assembléia legislativa; o nome mais forte é o do atual prefeito, mais o vereador Marcos Lima do PTB, e o candidato do PSB, que fez um votação surpreendente e se cacifou para buscar novos desafio. Outro fato que credencia Dallasanta , foi a sua postura na condução de sua futuro bancada na câmara, não aceitou cargos e prometeu cuidar dos interesses do município, com uma oposição responsável e fiscalizadora. Inclusive da aplicação da lei do segundo grau para cargos no governo.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

PROJETO
A decisão do prefeito de retirar o projeto, vai sensata, veio sanar uma situação criada por ele mesmo, e segundo ele por solicitação de um membro da transição;mas rechaçada pelo futuro prefeito, que afirmou peremptoriamente, não ter feito tal solicitação e muito menos autorizado alguém a fazer.
Agindo assim, o prefeito acaba com essa discussão descabida, e preserva uma lei criada por ele, e/ou assessores, pois segundo fiquei sabendo, essa lei foi criada a revelia do prefeito e do seu departamento jurídico, tanto que ao longo desse tempo todo o prefeito descumpriu a lei por desconhecer sua existência. Nesse caso não leia aquilo que assinava.
A posição do prefeito foi tomada no dia de ontem, mas segundo fontes fidedignas, a  a decisão do prefeito aconteceu no dia ontem, após tomar conhecimento do parecer do instituto que presta assessória jurídica ao legislativo, que fulminou qualquer possibilidade de alteração da lei, e descartou sua retroatividade para corrigir irregularidades cometidas desde sua aprovação em 2011. Acho importante ressaltar, que a câmara de vereadores tem um assessor jurídico local, que deveria dar esse parecer.
Assim sendo, a tal pretensão de mudar a lei já nasceu morta, as coisas continuam sem alteração, cabe as autoridades,e ao futuro prefeito por meio de uma auditoria seria e competente apontar se houve tais irregularidades e apontar os responsáveis.

Com relação a exigência de escolaridade para ocupar cargos, a mesma permanece, e dessa forma quem não possui a escolaridade exigida pela lei, fica impossibilitado de ocupar cargos no governo; acabe aqueles que por ventura não tenha essa escolaridade, voltar aos bancos escolares para cumprir esse requisito.
Quero deixa uma sugestão para resolver esse problema, a criação do MOBRAL MUNICIPAL. para os mais jovens, explico abaixo.

MOBRAL(MOVIMENTO BRASILEIRA DE ALFABETIZAÇÃO) 
Criado em 1970 pelo governo federal
Mobral propunha a alfabetização funcional de jovens e adultos, visando “conduzir a pessoa humana a adquirir técnicas de leitura, escrita e cálculo como meio de integrá-la a sua comunidade, permitindo melhores condições de vida”.
PROJETO

Segundo fontes da prefeitura, e da câmara de vereadores, o prefeito municipal, vai retirar o projeto que mudaria a escolaridade para assumir cargos de CC no município. Ainda segundo essas fontes, o prefeito deve assinar o requerimento na quarta feira, pois não esta em Vacaria. A decisão de retirar o projeto, é o melhor caminho, pois assim acaba com essa polemica, e já que ninguém pediu, e ninguém que deseja a aprovação, o melhor caminho é bater em retirada; sem dúvida alguma a decisão do prefeito é mais sensata, acaba com a polemica e tira nosso município dos noticiários negativo.




QUEIMA DAS PROPAGANDAS 

Recebi do Ministério Público local, a decisão final a cerca de minha denuncia da queima de material publicitário do município nas dependências do mercado público, no final de 2015; onde por meio de fotos mostrei primeiro uma grande quantidade de material jogado numa churrasqueira, após comentar no blog o material foi queimado. O ministério público afirma que foi promovido o indeferimento de instauração de inquérito Civil.

Ainda segunda o Ministério Público, o motivo para  indeferimento foi pois após a sindicância instaurada pelo município, não ficou comprovado a irregularidades,, ou seja, não foi sobejamente demostrada a autoria da queimadas do tal material de propaganda, bem como sua origem não pode ser esclarecida.

Agradeço publicamente a atenção do MP local, e espero que o caso sirva de lição para os detentores de cargos públicos, e guardarei essa decisão como base para casos futuros. Abaixo as fotos do fato.