sexta-feira, 19 de setembro de 2014

SAÚDE- UPA

Na minha postagem de ontem, comentei sobre a situação da saúde no município. Falei dos problemas nas Unidades Básicas de Saúde e dos problemas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Com relação a UPA, falei das irregularidades e dos problemas no atendimento, ou seja, na falta de especialista, no não cumprimento das normas que regulamentam esses serviços, e nas reclamações dos pacientes quanto à demora, a falta de médico, e do médico que dorme a noite e não aceita ser acordado. Não costumo responder comentários sobre minhas postagens, mas aceito criticas com naturalidade, afinal ninguém é perfeito, nem tenho a pretensão de ser dono da verdade. Com relação ao comentário do cidadão chamado Vlademir Amarante, vou usar uma expressão do palhaço Tiririca Quem é você? Não sei quem é esse cidadão, muito menos de onde ele é, nem o que faz. Mas com relação ao seu comentário, quero fazer o seguinte esclarecimento. 1- Com relação a ser atendido na UPA, jamais consultei naquele local, já consultei no plantão do hospital e lá fui muito bem atendido, e por médicos com o CRM. 2- Com relação a sair com rabo no meio das pernas, quem tem rabo é bicho, animal, e quem atende animais é veterinário, nesse caso a UPA não é local para atender animais e/ou para veterinários, mais uma razão para se exigir o CRM. 3- Com relação às pessoas que vão até a UPA e são bem atendidas, e imagino que a maioria seja bem atendida, quero dizer que ser bem atendida é um direito de quem vão consultar naquele local, quero dizer que atender bem é uma obrigação dos profissionais que trabalham naquele local, do mais humilde ao diretor da UPA, quero dizer que ninguém que ali esta prestando um favor, pois todos são pagos com dinheiro público do povo, e se alguém não esta satisfeito deve pegar o boné e ir embora. Acredito que devido ao grande numero de atendimento, manter apenas um único médico atendendo, é muito complicado e desumano, mas ninguém esta ali obrigado ou por caridade. 4- Com relação ao CRM do estado, minha preocupação é no sentido de evitar fraudes, pois uma pode roubar os documentos dum médico em outro estado, e colocar a sua foto e se apresentar com sendo ele o profissional, mas jamais poderá regularizar e/ou pedir um CRM no estado, pois nesse caso seria descoberto. Além disso, todo profissional deve estar com sua situação regularizada no local onde presta serviço. Considerando que o executivo faz vistas grossas e não toma providências para sanar essas irregularidades, quero dizer que como cidadão, vai exercer meu direito, vou protocolar no Ministério Público de Vacaria, um requerimento pedindo ao MP para investigar essas irregularidades. Assim sendo, vamos saber se existe falta de médicos, se o contrato esta sendo cumprido na integra, se a UPA atende animais, se existe ou não médicos atendendo sem CRM; vou também enviar ao sindicato médico do RS um ofício pedindo que o sindicato se posicione sobre esse fato.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

UPA

A atual situação da saúde em Vacaria é o pior desde a sua emancipação. Num governo que vive mais preocupado com processos e condenações envolvendo o prefeito não podemos esperar algo diferente. Mas como aquilo que esta ruim ainda pode piorar, lembro o contribuinte que ainda temos mais dois anos desse governo. A saúde vai mal em geral, começa lá na unidade de saúde no bairro e tem o seu apogeu na Unidade de Pronto atendimento (UPA), e ali na famosa UPA, concentra todo tipo de descasos e irregularidades. As irregularidades começam no não cumprimento das portarias ministeriais, passando por médicos sem CRM do estado, que um desrespeito à lei com a anuência de quem contratou os serviços. Mas deve admitir, que para o povo que vai lá a UPA, o que importa e ser atendido, com ou sem CRM, mas eu disse ser atendido. Acontece que, o médico que faz plantão no turno da noite, gosta de descansar, tirar uma soneca, não importa sem tem paciente precisando de atendimento ou não, se é urgência ou não. Segundo fui informado, seu sono não pode ser inferior a duas horas, e durante esse tempo é inútil tentar chamar o médico, foi o que aconteceu na noite de ontem, pacientes reclamando com os funcionários, outras desistindo e indo para o hospital tentar a sorte; o médico para não ser incomodado, coloca no vidro da porta sacos de lixo para manter o ambiente escuro. A população já não aguenta mais essa situação, e como não tem mais a quem recorrer o negócio é cantar canções de nanar e deixar o médico dormir em paz e desejar lindos sonhos a ele. Abaixo a foto da porta com isolamento da luz.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

FATOS DA SEMANA

A semana farroupilha começou sob o impacto de mais uma condenação do prefeito, na semana dedicada as traições o assunto nas rodas de bate papo é sobre o caso. Percebo que a grande maioria é favorável a condenação, um sinal claro que o povo mudou, não quer mais conviver com impunidade,afinal politico é uma pessoa como qualquer outra, e deve pagar pelos seus atos.


CARROS E CARGOS


Esses são dois setores que receberam atenção especial do prefeito ao longo de seus quase seis anos no governo. Com relação aos cargos, para manter a base aliada, empregou centenas de cabos eleitorais, inchou a folha de pagamento, distribuindo esses apadrinhados pelas secretarias, uns como CC e outros através dessas sub contratadas que são CC disfarçados, mas custam o dobro pois tem pagar o funcionário e mais a empresa. Já com relação aos carros, nossa prefeitura esta muito bem servida nesse quesito, volta e meia uma exposição na frente da prefeitura mostra as novas aquisições, e diga-se de passagem, sempre carros de luxo, certamente para poder oferecer a todos esses CC qualidade de vida nos deslocamentos e nas viagens e/ou descanso no final de semana. Digo isso, pois um carrão do município , passou o ultimo domingo levando um cidadão para visitar um parente do prefeito, passou horas na casa do parente e tomaram chimarrão, aproveitando o domingo de sol, decerto era a serviço do município. Abaixo a foto da visita na casa do parente na rua salgado filho.







SEMANA FARROUPILHA


As comemorações da semana farroupilha na terra do maior rodeio crioulo do Brasil, estão muito tímidas, e sem atrações. O tradicional troféu Candeeiro farrapo, entrega pela câmara de vereadores, dessa vez superou todas as expectativas, a começar pelo homenageado, um desconhecido no cenário da cultura gaucha, um artista desconhecido, que veio recebeu e foi embora, se recusou a subir no palco alegando que a aparelhagem não esta a altura de seu show. Ora faça-me o favor, quem não estava a altura era ele, o público presente saiu ganhando, pois não precisou ouvir um desconhecido. Com relação a esse troféu, realmente os responsáveis conseguem se superar e a cada ano a escolhe fica pior, mas segundo fiquei sabendo essa escolha fica a critério apenas do presidente da casa. Ainda com relação a semana farroupilha, mais uma vez perdemos a oportunidade de aproveitar a a estrutura do parque dos rodeios e organizar um acampamento farroupilha como acontece em outras cidade, como Caxias do Sul e Porto Alegre, a terra do maior rodeio mais vez o cavalo passa encilhado.







terça-feira, 16 de setembro de 2014

O CASO DO PREFEITO PARTE II

CONDENAÇÃO DO PREFEITO








Em entrevista as rádios locais, o prefeito condenado, tentaram mais uma vez enganar a opinião pública; usando inverdades disse que não fez nada de errado, e que, esse caso já foi julgado e absolvido, disse que todos os fatos são os mesmo do processo que respondeu na justiça eleitoral. Apenas esqueceu-se de dizer quais os artifícios ele usou para ser absolvido no TSE. O promotor de justiça Luís Augusto Gonsalves da Costa, em entrevista no dia de hoje esclareceu os fatos e restabeleceu a verdade. Segundo o promotor esse é outro processo, e não nada com o outro, disse ainda que vai recorrer da decisão com objetivo de aumentar as penas, seja com relação multa ou a tempo relativo à perda dos direitos políticos. A palavra oficial do Ministério Público é muito importante, uma vez que com amplo espaço na mídia local o prefeito estava se fazendo de vitima e enganando e/ou tentando engar as pessoas. Com relação ao tempo que o prefeito vai permanecer no cargo, tudo vai depender da tramitação do seu recurso, mas independente do tempo, o certo é que hoje ele esta condenado

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

O IMPACTO DA SENTENÇA QUE CONDENOU O PREFEITO


A condenação do prefeito de Vacaria (O MITO) foi proferida pela juíza na sexta feira. A radio Fátima, cumprindo com o dever se informar, noticiou em primeira mão, e postou o teor da sentença na integra no seu site, E plicou a sentença na integra, e divulgou ao longo de sua programação. Já outra emissora, que alguns apresentadores empregam esposas na prefeitura, se limitou a falar apenas em multas num primeiro momento, ocultando a cassação; mas um apresentar ao comentar já deu um parecer jurídico ao caso, e bem ao estilo PT, disse que isso seria enrolado até o final do mandato do atual chefe do executivo; fez aquilo que seu chefe exige, ou seja, silêncio e parcialidade em defesa daquele que garante o emprego das esposas pagas com o dinheiro do povo. Certamente, eles esperam recorrer aos mesmos subterfúgios que salvaram o prefeito da condenação que sofreu por crime eleitoral no TRS aqui no estado. Qualquer analfabeto sabe que cabe recurso, alias toda e qualquer sentença de primeiro grau esta sujeita a recurso, quanto a sua ira contra aqueles que comentaram o caso nas redes sociais, cabe dizer que ainda vivemos numa democracia apesar do PT.


Com relação ao impacto da sentença, quero dizer que fiquei até espantado, com o numero de ligações e/ou mensagens através das redes sociais, de pessoas querendo saber das consequências da condenação, e a grande maioria dos questionamentos veio de funcionários concursados do município, sendo a grande maioria ligada à secretaria da saúde; todos esperançosos com a possibilidade da saída do prefeito que levaria junto com ele a secretária. Acontece que segundo esses funcionários não aguentam mais as perseguições e o descaso com a falta de condições de trabalho. Ainda segundo esses funcionários, esse é um problema geral em todos os postos de saúde espalhados pela cidade, segundo essas denúncias no posto do bairro Petrópolis o descaso é total, o banheiro que é usado por funcionários, médicos é o mesmo usado pelo povo, à falta de higiene é total, ainda segundo relatos, gestante são obrigadas a subir escadas para consultar, farmácia funciona junto com cozinha, vacina armazenada com material de curativo, e assim vai. Mas o que esperar de um governo que coloca na UPA médicos de outros estados sem CRM daqui do estado, e ainda deixa a administração da unidade de pronto atendimento sob o comando de profissionais atuando de forma irregular aqui no estado. Apesar de terem como certa a protelação através do recurso, segundo fiquei sabendo a secretária da saúde estava desolada, motivo pelo qual nem deu expediente, certamente esse abalo é por saber que outro prefeito jamais manteria no cargo uma secretaria com tantos problemas de relacionamento com o quadro de funcionários de carreira. Ainda com relação aquilo que esta acontecendo na unidade de saúde do bairro Petrópolis e relatado pelos funcionários, cabe sem duvidas uma investigação por parte do Ministério Público local. Abaixo uma foto do banheiro, como uma foto vale por mil palavras, é possível ter uma ideia da precária situação do banheiro, que deveria ser interditado.

sábado, 13 de setembro de 2014

CONDENADO DE NOVO



O prefeito de Vacaria foi novamente condenado pela justiça, dessa vez a condenação foi por improbidade administrativa, em ação movida pelo Ministério Público, ajuizada pelo promotor de justiça Luís Augusto. A sentença foi proferida pela Juíza Carina Chini Falcão, na tarde de ontem dia 12 de Setembro; a decisão é uma prova cabal que ainda temos juízes e promotores que zelam pela lei, pelo bem público. O prefeito condenado cometeu uma série de atos ilícitos, e crime eleitoral, fraudou licitação visando proveito eleitoral e enganar o povo em proveito próprio. Essa é segunda condenação relacionada ao mesmo delito, agora na esfera cível; o prefeito já havia sido condenado pelo mesmo crime na esfera eleitoral. O prefeito que queria ser um MITO na politica local, já pode se considerar MITO, pois sem duvida é o prefeito ou o político mais processado e condenado na história de nosso município, apesar disso posa de bom moço, de bom menino. Essa nova condenação, é mais um exemplo da maneira do PT governar, começa no município e tem seu auge, seu apogeu lá no distrito federal onde a corrupção (ROUBO) patrocinada pelo partido dos trabalhadores campeia solta, assaltando os cofres públicos e as empresas estatais; MENSALÂO I e agora a Petrobras MENSALÂO II, os ídolos do prefeito de Vacaria cumprem pena no presídio da Papuda, todos condenados por roubar a nação, mas graças a juízes da qualidade da nossa juíza Carina Falcão, aos poucos esses corruptos vão tombando graças à seriedade desses representantes da lei que não se deixam intimidar aplicam a lei independente da pessoa ou da posição do julgado.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

FATOS DA SEMANA - SAÚDE E ELEIÇÃO

SAÚDE


O setor vive seu pior momento, desde que o PT assumiu o governo, a coisa vai de mal a pior. O prefeito que prometeu na sua primeira campanha manter aberto o posto no bairro até às dez horas da noite, sequer consegue oferecer um atendimento ao longo do dia. A falta de médicos e remédios começa no bairro e termina na UPA, o pior é que essa situação de caos acaba respingando nos funcionários concursados, pois são eles que dão à cara a tapa, e o povo revoltado acabam despejando sua fúria pela falta de atendimento no funcionário; que também vive sob pressão da chefia e sob constante ameaças de sindicância e sem ter a quem recorrer. Segundo funcionários a secretaria enche as UBS de estagiários para atender o povo e coloca os concursados para o setor desempenhar outras funções, mas como a carga horária é de apenas seis horas dias, ao final desse turno os concursados são colocados novamente no atendimento. Essa situação já vem acontecendo faz tempo, mas a perseguição vai além, e no caso da saúde a secretária já responde a processos por perseguir funcionários. Quero listar aqui alguns fatos que deveriam merecer por parte da responsável pela pasta mais atenção. 1- Médicos de outros estados sem CRM 2- Receitas sem carimbo e sem assinatura 3- Falta de médico e remédio nas UBS 4- Falta de pediatra na UPA

Com relação aos remédios comprados pelo município por ordem judicial, aqueles que são comprados aqui nas farmácias de Vacaria, segundo uma fonte extraoficial, a pessoa e/ou o funcionário responsável pela compra desses medicamentos, que é concursado, trabalha numa rede de farmácias no turno da noite, e ainda segundo pessoas ligadas a outras redes de farmácias, sequer tem o preço cotado em seus estabelecimentos. Como disse anteriormente, supostamente, mas caso seja verdadeiro, essa situação é no mínimo questionável, também não quero dizer que quem faz as compras é desonesto, longe disso, apenas acho que como a mulher de César, além de ser honesto é preciso parecer honesto.

CAMPANHA


Segundo um morador do bairro Barcelos o salão comunitário estaria interditado pelo corpo de bombeiros, assim sendo não pode ser usado pela comunidade. Mas ainda segundo esse morador, que fez uma foto, o salão foi usado para um jantar de campanha do candidato do prefeito, e segundo ainda esse morador no ato foi distribuído roupas para moradores. Conforme escrevi, segundo este morador; considerando que a legislação eleitoral proíbe doações e/ou jantares com candidato, caso se confirme a denuncia, estamos diante de dois atos ilegais; o uso do salão que estaria interditado e a distribuição de donativos para obter votos. Cabe às autoridades investigar a procedência da denuncia. O morador responsável pela denuncia é o Sr. Roberto da Silva.