domingo, 25 de setembro de 2016

O resultado da pesquisa INDEX, deixa bem claro o cenário eleitoral do momento, pois aponta as intenções de voto de cada candidato, e a sua rejeição. Todos sabem que a rejeição pode inviabilizar uma candidatura; no quadro abaixo, podemos visualizar a situação dos quatro candidatos; onde a terceira colocada nas pesquisas lidera no quesito rejeição. Assim sendo, não é necessário ser um cientista politico, para afirmar que uma candidatura com esses números não a mínima chance de brigar pela ponta da tabela.









sexta-feira, 23 de setembro de 2016

PESQUISA INDEX

O juiz eleitoral acaba de autorizar a divulgação da pesquisa da coligação Vacaria Melhor, que aponta Amadeu Boeira 45 como futuro prefeito de Vacaria, aliás, como o blog já apontava.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

ELEIÇÃO MUNICIPAL

A campanha entra na reta final, falta apenas 10 dias para a eleição, devido à nova legislação eleitoral, os candidatos aproveitam ao máximo os debates para apresentar suas propostas. O eleitor já tem seu voto praticamente definido, ao que tudo indica, o percentual de indecisos é muito pequeno, percebo isso nas minhas conversas, o candidato do prefeito tenta ao máximo se desvincular da estrela, mas tenta usar o prefeito como seu garoto propaganda, como seu cabo eleitoral. Esse jogo de sena não esta dando certo, e o candidato esta pagando o preço da grande rejeição ao PT.

Com relação aos candidatos, e/ou suas colocações na tabela de classificação rumo ao palácio municipal, cada um tenta puxar a brasa para o seu assado, mas reza a lenda que uma pesquisa registrada na justiça eleitoral, apresenta ao eleitor o real cenário da corrida eleitoral; nas capitais e/ou nas grandes cidades, os órgãos de imprensa se encarregam e encomendar essas pesquisas, como é o caso de Porto Alegre. Aqui em Vacaria, todos os candidatos e suas coligações encomendam pesquisas para consumo interno, sem registro, para monitorar o desempenho do seu candidato e dos adversários; mas sem registro e vedado por lei a sua divulgação.

A coligação Vacaria melhor encomendou pesquisa e registrou a mesma na justiça eleitoral, pois pretendia divulgar a real situação da disputa pela prefeitura; a referida pesquisa foi impugnada por todas as outras coligações; o juiz eleitoral após receber as impugnações, notificou a empresa que realizou a pesquisa e a coligação Vacaria Melhor, para apresentar sua defesa em 48 horas, após as justificativas, o juiz encaminha ao MP para sua manifestação, e em seguida decide pela divulgação ou não da referida pesquisa.

Cabe ainda ressaltar que impugnar pesquisa esta previsto na legislação, e é um ato normal, e que pesquisas são impugnadas todos os dias, o IBOPE maior instituto de pesquisa do Brasil, tem centenas de pesquisas impugnadas, e a ação dos partidos contrários a essa pesquisa é normal e legal. Por outro lado, cabe uma consideração, quem esta na liderança não toma esse tipo de atitude, o ato de impugnar é uma maneira legal de não deixar vir a público a real situação, outro fato que deve ser destacado, é que todos seguiram o PT na ação, até os argumentos são os mesmos, por ironia do destino, aqueles que se diziam contra o partido dos trabalhadores, contra o governo do PT, agora se juntam para impedir a divulgação dos números; ao que tudo indica o único candidato que é contra o partido dos trabalhadores é o Amadeu Boeira.


Sobre os questionamentos que recebo das pessoas, se a pesquisa vai ser divulgada ou não, a respondo que somente após a decisão do juiz eleitoral que saberemos, mas acredito que o desfecho sobre sua publicação ou não, não sai antes do final de semana.




terça-feira, 20 de setembro de 2016

A CAMPANHA E AS PESQUISAS

A campanha corre normalmente, as quatro candidaturas e suas coligações conduzem suas campanhas de maneiras irrepreensíveis até o momento. Os debates em alto nível, dão o tom da campanha, as discussões acaloradas, ficam por conta da militância, que funciona como uma torcida organizada, e como alguns são pagos, precisam fazer barulho, mas isso faz parte do folclore.


O desempenho de cada candidato, não difere muito daquilo que já vinha se desenhado no período pré eleitoral, mas a teimosia de alguns imperou, e o cavalo passou encilhado, aproveitando o dia da revolução farroupilha.

Na verdade, o cenário atual, mostra o candidato do PSDB com uma aceitação jamais vista nas últimas eleições, por outro lado o candidato do PT ao que tudo indica caiu em desgraça, a rejeição ao PT matou a sua candidatura, e para piorar o atual prefeito sufoca o candidato, tentando aparecer mais que ele, e numa tentativa desesperada fez da campanha, um portal de seu governo, desastrado governo.


Com relação as outras duas candidaturas, dentro do esperado, já atingiram seu teto, não decolaram, já nasceram fadadas ao fracasso.


PESQUISAS

Com relação a esse tema, é preciso esclarecer, que todos as coligações usam essa ferramenta, e que me atire a primeira pedra aquela coligação que ainda não fez no mínimo uma pesquisa. A pesquisa serve para acompanhar o desempenho do seu e dos outros candidatos, cabe ressaltar, que contratar pesquisas não é crime, divulgar pesquisas sem o registro na justiça eleitoral ai é crime; mas é preciso deixar a hipocrisia  de lado, e parar de desconsiderar aquela pesquisa onde o seu candidato não aparece com um bom desempenho. Na verdade, quem duvidas do desempenho dos adversários, deve registrar e publicar a sua pesquisa, não tenho conhecimento até agora de pesquisa registrada, que duas coligações encaminharam pedido de registro, e que faço questão de divulgar assim que a justiça eleitoral autorize.

Por outro lado, entendo que a boataria sobre pesquisas falsas, não contribui com o processo, me parece mais o choro do perdedor, sei que uma coligação contratou uma pesquisa junto ao Instituo Imagem Comunicação Política Silvana de Carli e Longo, e que a intenção dessa coligação era registrar e publicar a referida pesquisa, mas segundo uma fonte interna da coligação, ao receber o resultado o presidente do maior partido da mesma surtou, não aceitou o fraco desempenho da sua candidata, e exigiu uma reunião com o diretor do referido instituto para dar explicações.

A pesquisa séria, reflete a realidade do cenário, não existe mágica, a pesquisa não fabrica votos, e desqualificá-la sem argumentos é enganar a si próprio.















segunda-feira, 29 de agosto de 2016

INSEGURANÇA E MEDO

A falta de segurança no estado assusta a população do campo e das cidades, ninguém escapa, o medo tomou conta. A inércia do nosso governo deixa o povo gaúcho nas mãos da bandidagem, passado quase dois anos desse governo o crime aumenta dia a dia, nem as pequenas cidades escapam, e o medo impera por todos os lados.

A falta de segurança começa na falta de policiais, mas passa também, pela ação da justiça, pois a policia prende num dia, e no outro a justiça coloca na rua bandidos de alta periculosidade; o povo que foi desarmado pelo governo do esta indefeso, e mesmo trancado dentro de suas casas, não esta seguro. A falta de segurança começa no campo, passa pelas pequenas cidades, mas atinge e atinge seu ápice em Poro Alegre, nossa capital, nas barbas do governador, Um exemplo da falta de segurança nas pequenas localidades, acontece aqui perto, em Campestre da Serra, uma cidade acostumada com a tranquilidade, hoje vive com medo, assaltos, latrocínio e ate sequestro já aconteceu, segundo moradores, o medo impera na cidade. A chegada da força nacional, trás esperança aos moradores da capital, mas e o interior, quem vai ajudar, essa é a grande pergunta.








ELEIÇÃO MUNICIPAL


A corrida pela cadeira de prefeito continua, na verdade, ainda esta começando, passado doze dias de campanha, já é possível uma avaliação da campanha até agora.

Devido às restrições da legislação eleitoral, que estabelece limites, e dificulta às doações, a campanha é muito tímida. Por isso, os candidatos aproveitam os debates para se apresentar expor suas ideias, apresentar o seu projeto, pois nos debates a regra é clara, e todos estão em igualdade de condições.


Apesar dos limites estabelecidos pela lei, é visível a disparidade entre os candidatos, o uso da máquina e o abuso do poder econômico são evidentes, salta aos olhos, chega ser um deboche.

Com relação ao uso da máquina, basta andar pelas ruas, pelos bairros, e observar tudo aquilo que vem sendo feito nos últimos dias, segundo moradores, esse tipo de serviço não foi feito ao longo dos últimos anos; outro fato a ser destaca é a presença de CC e assessores em debates, em pleno horário de expediente, na maior cara de pau, quando deveriam estar cumprindo com sua função, as fotos nas redes sociais não deixam duvidas.


Com relação ao abuso do poder econômico, uma das candidaturas, não deixa dúvidas, e rasga dinheiro, tanto que, corre a boca pequena que os valores aplicados até o presente momento, superam muitas vezes o teto estabelecido para campanha da majoritária.

Outro fato que precisa ser fiscalizado, diz respeito à compra de votos, como diz um velho ditado, onde existe fumaça, existe fogo, cabe às autoridades fiscalizar e punir, eu não creio em bruxas, mas dizem que elas existem; é evidente que aquele que recebe vantagem não vai entregar quem proporcionou essa vantagem, mas a boataria é grande, algo precisa ser feito; a disputa não pode ser decidida em cima do abuso do poder econômico. Tenho a mais absoluta certeza, que o Ministério Público esta atento, e tem o mecanismo para coibir as possíveis irregularidades.


O candidato do prefeito, tenta de todas as formas, se desvincular do partido do Lula/Dilma, mas cola no prefeito tentando faturar em cima de sua imagem, mas ao que tudo indica, sua candidatura estagnou, não decola mais, atingiu o seu teto.



terça-feira, 23 de agosto de 2016


IRRESPONSABILIDADE E INCOMPETÊNCIA

Fui procurado por alunos do Instituto Federal, localizado na área da FEPAGRO, desde o inicio do ano letivo. Segundo eles, o acesso de 03 km, é muito precário, a estrada sempre com muitos buracos, mas como tudo que esta ruim, sempre pode piorar, semana passada, com toda aquela chuva, os responsáveis pela secretaria de obras, resolveu mexer na estrada, e também colocar pedras, mas não sinalizou, e por se tratar de uma estrada do interior, da zona rural, é obvio que a visão durante a noite fica prejudicada. Acontece que, que a devida sinalização, quem se desloucou no turno da noite, acabou dando de cara com as pedras e canos, somado a lamaçal que estava no local, um aluno acabou se acidentando, bateu seu carro nos canos, no monte de pedra, conforme as fotos. Certamente mais um absurdo patrocinado por essa administração por colocar pessoas desqualificadas para comandar setores de extrema importância.




















sábado, 20 de agosto de 2016


A LISTA DOS CC



A relação dos cargos comissionados do executivo. Divulgado pelo jornal Negritude (Paulo Furtado), deu publicidade aos valores pagos e aos nomes das pessoas. Apesar de essas informações estarem disponíveis no portal da transparência, considero inoportuno, algo desnecessário; mas não podemos exigir outra postura por parte de quem divulgou; pois estar na equipe de campanha não invalida a informação, apenas questiono lado sensacionalista. Vejo com ressalvas na medida em que o dito jornalista esta fazendo parte da equipe de campanha de uma candidata.

Mas já que o assunto veio à baila, quero dizer que essa relação, é apenas uma ponta do Iceberg, pois o grosso da coisa, onde se encostam os cabos eleitorais dos partidos que apoiam o governo, estão empregados nas empresas terceirizadas que prestam serviço ao município e os contratados são pessoas indicadas pelos vereadores e pelo executivo, sou seja, CC disfarçado.


Ainda com relação aos valores gasto com CC, sei que apenas um dos partidos aliados o executivo gasta mais de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais) por mês. Considerando que todos os partidos ligados ao PT têm as mesmas regalias, é possível afirmar que os outros também gozam desse beneficio, ou seja, gozam com a cara do povo.


Na verdade, o governo do partido dos trabalhadores (PT), seguiu ao longo desses dois mandatos, a cartilha nacional do PT, muita mídia, empreguismo, obras mal feitas, e compra do apoio no legislativo; priorizando o assistencialismo como forma de manter os currais eleitorais.









HOSPITAL



Esse tema parece uma novela Mexicana, vira e mexe voltam com a mesma história, parece até o SBT, reprisando pela décima vez Maria do Bairro. A novela do fechamento do hospital, ninguém mais aguenta, e sempre a mesma ladainha, falta de recursos, a direção ameaçando com fechamento, para conseguir mais recursos; ai o poder público injeta mais recursos, e por um curto espaço de tempo, cessam as ameaças de fechamento, o engraçado, é que ninguém questiona a forma de administrar, ninguém cobra e/ou fiscaliza os recursos alocados, a utilização, a qualidade dos serviços, como é o caso do plantão de urgência e emergência, que consome um soma vultuosa, e que recebe muitas críticas; parece que só sabem exigir recursos, nada mais. Esta mais que na hora de dar um basta nessa ladainha, se não conseguem tocar com eficiência, que vendam que entreguem ao poder público. Está mais que na hora de ver o exemplo ao lado, o colégio comandado pelas irmãs da mesma congregação estava para fechar as portas, mudou o comando, o dono, e hoje é um exemplo a ser seguido. Chega de chantagem, de ameaçar o povo que o hospital vai fechar tudo tem limites, o uso do dinheiro público principalmente.