sexta-feira, 24 de abril de 2015

POLITICAS DE SAÚDE- SEM PARTIDO




A saúde é um problema nacional, e por isso, deveria ser a prioridade de qualquer governo. Aqui no nosso município também temos problemas, e esses problemas, começam na falta de um atendimento lá no bairro, no velho e bom posto de saúde, que o PT trocou de nome, mas não funciona, passa pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que também não funciona, e por isso deveria ser chamada da unidade de demorado atendimento ou unidade sem atendimento; e termina no último recurso que é o plantão de Urgência e Emergência do nosso hospital (HNSO). Os casos de mau atendimento são diversos, a precariedade no atendimento não se restringe ao plantão do hospital. Por isso, temos que ter certa cautela ao falar de saúde, e/ou dos problemas da saúde. O caso trágico envolvendo a jovem universitária que veio a falecer, não é o primeiro, e infelizmente não será o último; por isso, muita calma nessa hora. Com relação a esse caso, é óbvio que o atendimento falhou, não posso afirmar aqui quais os motivos, mas que falhou falhou dessa vez falhou no plantão do hospital, no caso da jovem que estava praticando esporte, que também era uma estudante, falhou a UPA e o SAMU. Como foi lá no inicio, a saúde em Vacaria vai muito mal, certamente atravessa a sua pior fase, e isso vem desde o inicio do governo do PT no município; assim sendo, não podemos usar o hospital como bode expiatório; ou alguém esta querendo usar a velha tática do BODE NA SALA? Que o plantão do hospital em certos casos deixa a desejar não tenho dúvidas, mas e a saúde sob a responsabilidade do prefeito e de sua secretária? A falta de médico, e de material odontológico nos postos, a demora no atendimento na UPA, médicos que dormem durante o plantão, qual seria a definição. Escutei o áudio do pronunciamento do vereador Marcos Lima na tribuna da câmara, falando sobre o último caso envolvendo a universitária que sofreu um acidente grave, e devido a uma possível falha no atendimento veio a óbito; no pronunciamento vereador fala que 80% dos recursos do hospital são públicos, e segundo o vereador precisam ser fiscalizados; o vereador vai além, e cita a sua CPI e afirma que a câmara precisa ter alguém gerenciando esses recursos dentro do hospital. Considerando que a UPA, o SAMU e os postos dos bairros, a verba é 100% pública, entendo que esses órgãos também precisam ser fiscalizados pelo legislativo, inclusive numa CPI, não podemos eleger apenas o hospital com vilão da história. Considerando ainda, que os vereadores trabalham apenas duas noites por semana e por algumas horas, a ideia é muito boa, como nossa câmara e formada por 15 vereadores e muito bem pagos, afinal ganham mais de 9.000 por mês por apenas algumas horas de serviço; devemos por em prática a ideia do vereador e espalhar vereador por todos os setores da saúde no município, certamente essa será uma iniciativa pioneira no Brasil, e vai ser noticia nacional.



quarta-feira, 22 de abril de 2015

NÃO VAI DECOLAR





O nosso aeroporto regional de cargas, não esta na lista do plano de avião regional. Assim sendo, a obra inacabada não vai ser concluída; conforme reportagem do jornal zero hora do dia 20/04/2014. Segundo a reportagem que ouviu o ministro da aviação, o aeroporto da chapada vai ficar no esquecimento por um longo tempo. Com relação a essa obra, é preciso voltar no tempo, mais precisamente ao ano de 2012, ano pré-eleitoral, e lembrar o quanto essa obra foi usada pelo prefeito atual, e pelo seu primeiro ministro. O uso eleitoreiro foi absurdo, tanto que, o município mandou elaborar um vídeo falcatrua. Com imagens do aeroporto pronto e acabado, com imagens de avião decolando, dando a falsa impressão que tudo estava pronto e perfeito. Cabe ressaltar que a mentira não ficou restrita ao aeroporto. Mas passado mais de três anos, a obra continua parada e inacabada, e os ilusionistas sumiram; acontece que o grande objetivo foi alçado, um se reelegeu e o outro se elegeu. Caso alguém duvide, basta acessar o link abaixo que comprava as minhas afirmações, e parte da matéria da zero hora extraída na integra.

https://www.youtube.com/watch?v=ZnkK5cDpl_c




No Rio Grande do Sul, são R$ 310 milhões para 15 aeroportos incluídos no plano de estímulo à aviação regional, 11 com o carimbo de prioritários. Desses, cinco estão no site do ministério com o status de "anteprojeto autorizado": Passo Fundo, Rio Grande, Santa Rosa, Santo Ângelo e São Borja. Isso significa que o edital de licitação pode ser lançado a qualquer momento.
— Para fazer a licitação desses cinco, dependemos apenas da licença ambiental — garante Padilha.

Os demais aeroportos incluídos no projeto são Caxias do Sul, Santa Maria, Bagé, Uruguaiana, Gramado/Canela, Pelotas, Santa Cruz do Sul, Santa Vitória do Palmar, Alegrete e Erechim.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

UNESUL

A empresa Unesul, que detém a concessão da linha entre Vacaria e Porto Alegre, praticamente acabou com um dos seus horários. Estou falando da linha executiva que fazia o trajeto Vacaria- Porto Alegre diariamente; alegando prejuízos com esse horário, a empresa simplesmente acabou com a rota Porto Alegre á Vacaria, apenas nas sextas feiras existe a linha de retorno; mas mantém a linha para quem deseja ir a capital. Em contato com o DAER, fui informado que, essa opção foi retirada pela concessionária alegando prejuízos com a linha; mas que mediante pressão da população e mobilização das entidades, a decisão poderá ser revista. Da mesma forma, entrei em contato com a empresa, para saber qual a justificativa para a retirada da linha de retorno; a justificativa foi à mesma; poucos passageiros e prejuízos. Argumentei dizendo que faz mais de dez anos que existe essa opção de retorno, e que, a empresa não poderia tomar essa atitude. Segundo a pessoa que atendeu a ligação, a empresa UNESUL pode rever a sua decisão, desde que, as forças vivas do município se mobilizem, e demostrem a necessidade da volta do horário. Agora a bola esta com nossas autoridades e com as entidades de classe; por isso, esperamos que o legislativo na pessoa do seu presidente, o executivo, DL, e CIC, abracem a causa e lutem pela volta da linha executiva; afinal de contas nem todo mundo tem carro para viajar, pressionem a empresa a novamente colocar esse serviço à disposição da população de Vacaria.

quarta-feira, 15 de abril de 2015

OUTROS NOMES



















O mundo inteiro cresce, mas o Brasil encolhe indo na contra mão da economia mundial. Essa situação é fruto da ganância dos políticos brasileiros, da corrupção institucionalizada pelo PT e da fragilidade dos partidos.

A corrupção acaba de levar mais um golpe com a prisão do tesoureiro do PT nessa noite pela policia federal.

Apesar da situação precária da economia, os políticos continuam nomeando seus apadrinhados para preencher cargos de CC apesar da grave crise. Aqui no estado nosso governador suspendeu pagamentos por seis meses e adiou nomeação dos concursados; mas os apadrinhados continuam sendo colocados nos cargos. Os exemplos estão por todos os lados, aqui no nosso município inclusive. A coordenação do SINE que vinha sendo ocupado por um funcionário de carreira, ligado ao PTB, diga-se de passagem, um homem da confiança do deputado Santini, mas era um funcionário de carreira. Agora com as novas composições, o cargo foi entregue ao PSB local, por ser um partido inexistente, não possuía dentro do seu quadro local uma pessoa com capacidade para assumir o cargo; mas como a intenção é empregar os companheiros, bem ao estilo PT de governar, o partido importou uma pessoa da cidade de Bom Jesus para ocupar a vaga. Essa nomeação é absurda, pois se o partido não possui ninguém aqui no município para indicar ao cargo deveria ter a grandeza e abrir mão da vaga. Mas ai já seria querer muito exigir grandeza de politico e/ou de partidos de aluguel.

CANDIDATOS


A postura do PTB que lançou candidatura própria na tribuna da câmara e acenou com a possibilidade do ex-prefeito Suzin de concorrer ao cargo, mexeu com o cenário político, mas precisamente com a base governista. Segundo fontes, o executivo pretende contratacar indicando outros nomes para representar a via popular. Segundo essa fonte os nomes preferidos do prefeito são o vereador do PDT e o secretário do planejamento que é do PSB.  Caso se confirme essas indicações, o vereador leva uma certa vantagem, pois segundo a CPI das horas extras, aquela que virou pizza, e possui um exército de CC para trabalhar na sua campanha. Dizem as más línguas que o vereador possui quase uma centena de indicações; resta saber como ficara as indicações do PTB já que o partido pretende lançar nome próprio, e devido ao ex-prefeito estar inelegível o candidato deve ser o vereador do partido.

terça-feira, 14 de abril de 2015

CONCORRE OU NÃO



Comentei ontem, sobre a possibilidade do Ex- prefeito Suzin do PMDB, assinar como PTB. Essa possibilidade gerou diversos comentários e questionamentos. Por isso, vou voltar ao tema.

Considerando que o PTB do vereador Marcos lima, é um dos partidos da base governistas, um dos partidos que mais emprega no executivo, a afirmação do vereador que seu partido vai lançar um candidato a prefeito, precisa ser melhor explicada: 1- Estaria o PTB sinalizando um rompimento com o governo? 2- O candidato do PTB seria o representante da atual administração (via popular)? 3- Suzin ao assinar com PTB teria a benção do prefeito do PT, depois de todas as acusações que sofreu do atual prefeito na campanha passada que resultaram na renuncia de sua candidatura? Considerando que o ex-prefeito sempre foi alinhado com o PT é bem possível que consiga agregar todos os partidos da via popular, pois na primeira eleição do atual prefeito Suzin trabalhou contra o PMDB.

Considerando que a pretensão do PTB de alçar um voo solo, não inclua o PT, qual será a postura do prefeito diante dessa possibilidade? Todos sabem o partido trabalhista brasileiro (PTB) ocupada duas secretarias e vários departamentos, a maioria dos candidatos a vereador que não se elegeram ocupam cargos no executivo, todos esses cargos são de alta remuneração. Na verdade, a postura adotada pelo PTB, já tem precedentes, o PSDB também ocupa cargos e seu representante no executivo já se lançou como candidato a prefeito, e continua com os cargos, a mesma postura foi adotada pelo vereador do PSB que se diz oposição ao prefeito, mas mantém todos os seus cabos eleitorais no executivo, e segue a linha dos que postulam vaga como candidato ao executivo. Na verdade, a prefeitura virou uma empresa familiar, ou seja, da família dos vereadores; lá se emprega esposa, sobrinho, primo e filho, só não se emprega o pai e o espirito santo. Na verdade a coisa funciona assim: Uma crítica na tribuna é igual a mais cargo, uma CPI na casa mais uma diretoria no executivo; resta saber quanto vale a possibilidade do lançamento de uma candidatura.


Com relação a caso do projeto social, ainda nada foi declarado, impera a lei do silêncio;mas a responsável continua atuando lá e em outros projetos sociais. Apesar das supostas irregularidades praticadas, tudo em nome da solidariedade e do amor ao próxima. Me engana que eu gosto.














segunda-feira, 13 de abril de 2015

Os partidos políticos começam a se estruturar visando à eleição municipal de 2016. O PTB é sem dúvida alguma um dos partidos que mais organizado, e esta sempre nas busca de novos filiados. Conversei com seu presidente, o vereador Marcos Lima, que me falou da possibilidade de um ex-prefeito assinar ficha com seu partido e se colocar a disposição para concorrer como candidato da sigla no próximo pleito. Considerando que temos apenas três ex-prefeitos vivos, e considerando ainda que Pegoraro é presidente do PP e possível candidato do partido, e que Enore Mezzari não pretende mais concorrer, não precisa ser muito inteligente para saber quem é o ex-prefeito que deve assinar com o PTB nos próximos dias. Ainda segundo o presidente Marcos lima, a vinda do ex-prefeito tem o seu aval, e disse mais, que o PTB vai ter candidatura própria para prefeito, independente da vinda ou não desse ex-prefeito.
OBRAS NA JOÃO TEODORO


Que a obra era necessária ninguém discorda, mas com demora na sua conclusão também ninguém concorda. Acontece que a poeira nos dias secos e o barro nos dias de chuva, estão causando transtornos aos moradores e comerciantes. Acontece que após a colocação da nova tubulação, a rua esta intransitável, a demora na reposição do calçamento e o excesso de terra na rua torna insuportável o dia a dia das pessoas. A quadra que vai da antiga estação rodoviária até a esquina da rua da rádio Esmeralda que esta em obras já há alguns meses transformou a vida dos moradores e comerciantes num verdadeiro inferno


Projeto Florescer

Na semana passada, comentei por duas vezes sobre supostas irregularidades na gestão dos recursos repassados ao projeto pelo município e; ou empresas. Não sei se procede a informação, mas quando diz que a vaca é malhada, no mínimo uma pinta ela tem. No caso do projeto, as irregularidades são evidentes, tanto que, a responsável foi afastada do cargo e outras pessoas chamadas para colaborar na gestão; e, diga-se de passagem, ao contrário da antiga responsável, essas novas pessoas colaboram gratuitamente, ou seja, não cobram nada.
Acontece que, a antiga responsável pelo projeto, ao tomar conhecimento do comentário, ficou ofendida, e saiu em busca dos delatores, bem ao estilo PETROLÃO, queria descobrir quem fez a denuncia. Quero dizer a ex-chefe, que o fato principal não é quem denunciou, ou como fiquei sabendo; a questão principal é se existem irregularidades, e elas existem, quem é o responsável, e quando o prefeito vai tomar alguma atitude. A ex-comandante precisa saber que para a manutenção o município coloca dinheiro público, que empresas colaboram com o projeto. A ex-comandante precisa saber que a empresa que detém a marca do projeto é uma das maiores empresas do Brasil comandada por um empresária com reconhecimento internacional pela sua capacidade administrativa e pela sua atuação no campo da assistência social. Segundo fiquei sabendo a antiga responsável pelo projeto, nesse caso irresponsável, é CC do prefeito, por isso, esperamos uma posição firme do chefe do executivo afastando de suas funções ou deslocando sua CC para outra área, pois as pessoas que assumiram o comando ao que tudo indica não se sentem confortáveis com a presença da ex-chefe. Considerando que a ex-chefe também atua em outros projetos sociais fico a me perguntar como será sua atuação diante desses projetos.

Gincana


Teve início no sábado à noite as primeiras tarefas da gincana 2015. Como sou um gincaneiro, fico apenas olhando de longe o trabalho das equipes. As apresentações realizadas no sábado à noite, foram prejudicadas pela péssima qualidade do som, segundo a organização ou o responsável pela organização a precariedade do som foi devido ao preço. Segundo o responsável pelo evento a contratação do som é feita pelo menor preço; que pedir vênia para discordar, pois quando é lançado um edital para contratação de qualquer serviço pelo poder público, no edital o município precisa colocar especificações, o edital tem de ser claro, constando as exigências relacionadas ao serviço a ser contratado, e a empresa vencedora precisa cumprir integralmente o edital.