terça-feira, 23 de agosto de 2016


IRRESPONSABILIDADE E INCOMPETÊNCIA

Fui procurado por alunos do Instituto Federal, localizado na área da FEPAGRO, desde o inicio do ano letivo. Segundo eles, o acesso de 03 km, é muito precário, a estrada sempre com muitos buracos, mas como tudo que esta ruim, sempre pode piorar, semana passada, com toda aquela chuva, os responsáveis pela secretaria de obras, resolveu mexer na estrada, e também colocar pedras, mas não sinalizou, e por se tratar de uma estrada do interior, da zona rural, é obvio que a visão durante a noite fica prejudicada. Acontece que, que a devida sinalização, quem se desloucou no turno da noite, acabou dando de cara com as pedras e canos, somado a lamaçal que estava no local, um aluno acabou se acidentando, bateu seu carro nos canos, no monte de pedra, conforme as fotos. Certamente mais um absurdo patrocinado por essa administração por colocar pessoas desqualificadas para comandar setores de extrema importância.




















sábado, 20 de agosto de 2016


A LISTA DOS CC



A relação dos cargos comissionados do executivo. Divulgado pelo jornal Negritude (Paulo Furtado), deu publicidade aos valores pagos e aos nomes das pessoas. Apesar de essas informações estarem disponíveis no portal da transparência, considero inoportuno, algo desnecessário; mas não podemos exigir outra postura por parte de quem divulgou; pois estar na equipe de campanha não invalida a informação, apenas questiono lado sensacionalista. Vejo com ressalvas na medida em que o dito jornalista esta fazendo parte da equipe de campanha de uma candidata.

Mas já que o assunto veio à baila, quero dizer que essa relação, é apenas uma ponta do Iceberg, pois o grosso da coisa, onde se encostam os cabos eleitorais dos partidos que apoiam o governo, estão empregados nas empresas terceirizadas que prestam serviço ao município e os contratados são pessoas indicadas pelos vereadores e pelo executivo, sou seja, CC disfarçado.


Ainda com relação aos valores gasto com CC, sei que apenas um dos partidos aliados o executivo gasta mais de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais) por mês. Considerando que todos os partidos ligados ao PT têm as mesmas regalias, é possível afirmar que os outros também gozam desse beneficio, ou seja, gozam com a cara do povo.


Na verdade, o governo do partido dos trabalhadores (PT), seguiu ao longo desses dois mandatos, a cartilha nacional do PT, muita mídia, empreguismo, obras mal feitas, e compra do apoio no legislativo; priorizando o assistencialismo como forma de manter os currais eleitorais.









HOSPITAL



Esse tema parece uma novela Mexicana, vira e mexe voltam com a mesma história, parece até o SBT, reprisando pela décima vez Maria do Bairro. A novela do fechamento do hospital, ninguém mais aguenta, e sempre a mesma ladainha, falta de recursos, a direção ameaçando com fechamento, para conseguir mais recursos; ai o poder público injeta mais recursos, e por um curto espaço de tempo, cessam as ameaças de fechamento, o engraçado, é que ninguém questiona a forma de administrar, ninguém cobra e/ou fiscaliza os recursos alocados, a utilização, a qualidade dos serviços, como é o caso do plantão de urgência e emergência, que consome um soma vultuosa, e que recebe muitas críticas; parece que só sabem exigir recursos, nada mais. Esta mais que na hora de dar um basta nessa ladainha, se não conseguem tocar com eficiência, que vendam que entreguem ao poder público. Está mais que na hora de ver o exemplo ao lado, o colégio comandado pelas irmãs da mesma congregação estava para fechar as portas, mudou o comando, o dono, e hoje é um exemplo a ser seguido. Chega de chantagem, de ameaçar o povo que o hospital vai fechar tudo tem limites, o uso do dinheiro público principalmente.

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

A MAQUINA A SERVIÇO DA CAMPANHA

O uso da máquina administrativa precisa ser fiscalizado pelas autoridades, a lei é clara, mas assim mesmo, aqueles que estão no poder sempre tentam se beneficiar.  A maquina administrativa é muito ampla, e não se restringe ao executivo. O uso de pessoal é uma pratica comum, CCS e assessores viram cabos eleitorais no horário de expediente, e deixam de cumprir suas funções. Na nossa câmara de vereadores, cada vereador conta com dois assessores, que devem cumprir seu horário, e só podem fazer campanha para seu chefe, após cumprir o seu horário.

Segundo fontes, no primeiro dia de campanha, durante o debate, teve gabinete que ficou fechado, pois ainda segundo essas fontes, os assessores estavam acompanhando seus chefes no debate, assim sendo, fica caracterizado o uso da máquina pública já no primeiro dia de campanha. Cabe ao Ministério Público, buscar junto ao presidente do legislativo a lista de assessores que estão em férias, e/ou através do cartão ponto verificar quem não compareceu ao trabalho.


O povo de ficar atento, e denunciar essa pratica afinal se queremos um Brasil livre da corrupção, e que os governantes zelem pelo dinheiro público devemos fiscalizar e denunciar.







terça-feira, 16 de agosto de 2016

DEBATE

O debate de hoje na rádio Fátima marcou o inicio da campanha para prefeito. Antes de falar sobre o debate propriamente dito, temos que ressaltar a organização do encontro. Por isso, quero abrir um parêntese, para elogiar os promotores do debate, pela organização, pela imparcialidade. Ao longo das duas horas o mediador deixou os debatedores muito à vontade para reponderem aos questionamentos. Por ser o primeiro de uma série a expectativa da comunidade era muito grande, mas a radio Fátima cumpriu o papel de informar, de informar bem.


Com relação ao desempenho dos candidatos, cada um tem uma avaliação, e não é justo avaliar a participação pois cada um procurou dar o seu melhor; Na verdade, por ser o primeiro debate os candidatos ainda estavam acanhados, na defensiva.Isso ficou claro na apresentação inicial, onde todos procuram medir as palavras.


O embate ficou mais interessante, quando os candidatos passaram a fazer perguntas entre si; e ai quero ressaltar o alto nível, sem ataques, sem ofensas. E dessa forma, começa bem a campanha, o povo quer ouvir propostas, mas propostas exequíveis, pois de falsas promessas o povo está cansado, e o resultado dessas promessas falsas o povo brasileiro está sentindo na carne.


Apesar de não ter a pretensão de avaliar o desempenho dos candidatos, farei um breve comentário sobre a participação de cada um.


Candidato do Governo.

O representante do continuísmo, bem ao estilo do partido dos trabalhadores, navegou na onde as obras ilusórias, se adonou daquilo que não lhe pertence: ex(gincana) citou atos administrativos que não são do seu governo, e vendeu para o eleitor a terra de Moisés, mas não abriu o mar.


O candidato do PSB,
O candidato tergiversou, e praticamente esqueceu o seu lado no governo por quatro anos, primeiro ministro, o homem forte do governo, e só lembrou aquilo que lhe interessava; muito hábil nas palavras, tentou comer o mingau pelas beiradas. A pergunta que fica é a seguinte: será que enganou?

Candidato do PSDB

O candidato procurou passar em detalhes as suas propostas, na qualidade de homem simples. Diante de três intelectuais  procurou focar no seu plano de governo e no enxugamento da máquina pública.

Candidato do PP

Com relação a participação da candidata do partido progressista, confesso que apesar do grande esforço que fiz, não tive o alcance para compreender, ou seja, não entendi nada, me recuso a comentar.

terça-feira, 9 de agosto de 2016

MEIO AMBIENTE

Saneamento é o conjunto de medidas que visa preservar ou modificar as condições do meio ambiente com a finalidade de prevenir doenças e promover a saúde, melhorar a qualidade de vida da população e à produtividade do indivíduo e facilitar a atividade econômica. No Brasil, o saneamento básico é um direito assegurado pela Constituição e definido pela Lei nº. 11.445/2007 como o conjunto dos serviços, infraestrutura e Instalações operacionais de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, drenagem urbana, manejos de resíduos sólidos e de águas pluviais.
Embora atualmente se use no Brasil o conceito de Saneamento Ambiental como sendo os 4 serviços citados acima, o mais comum é o saneamento seja visto como sendo os serviços de acesso à água potável, à coleta e ao tratamento dos esgotos.


O saneamento básico no Brasil, ainda deixa muito a desejar, pois ainda temos muitas cidades com esgoto correndo na rua, inclusive aqui em Vacaria, por falta de canalização;com relação ao tratamento do esgoto, o percentual é insignificante, todo o esgoto canalizado e devolvido para a natureza poluindo o meio ambiente. Como diz um velho ditado, enterrar canos não da voto.

Aqui na nossa cidade, o poder público apesar das promessas, não trata um litro de esgoto sequer, não faz muito tempo, que o assunto foi alvo de propaganda, que prometia a instalação da primeira estação de tratamento de esgoto, que seria construída no bairro Monte Claro, e que ali seriam investidos milhões de reais, e esse seria o projeto piloto, o primeiro passa para chegar aos 100% de tratamento, não passou de promessa eleitoreira, nada foi feito, e o pior ainda temos esgoto correndo pelas ruas.


Mas como nem tudo esta perdido, fui convidado pelo empresário Fausto Viterbo, para conferir de perto, um trabalho pioneiro, um projeto totalmente privado, feito com recursos próprios, com o objetivo de tratar o esgoto, e proteger a natureza, e preservar o seu patrimônio que estava sendo destruído pelo esgoto produzido por uma parcela da população de Vacaria.

Todos conhecem o Fausto, mas para quem não conhece, ele é dono de uma área de terras localizada no km 04, com 153 has de campos e matos, área essa, que recebe o esgoto da  cidade /ou de uma parte da cidade, ou seja bairro Jardim América, Altos da Glória ou seja todo lado esquerda da Br 285 sentido Lagoa Vermelha.

Acontece que, esse esgoto correndo céu aberto, estava destruindo parte de suas terras, poluindo água, destruindo árvores,  e ainda, trazendo sérios riscos aos animais; cansado de bater a porta do executivo pedindo uma solução, pedindo socorro, por vários e vários anos, por vários prefeitos, e vendo o seu patrimônio ruir, fausto resolveu agir por conta própria; e foi atrás de soluções para sanar o problema.

Segundo Fausto, a primeira providência que veio a mente, foi canalizar tudo com recursos próprios, e tirar da sua propriedade o esgoto, se livrar do problema, mas nesse caso, segundo ele, estaria apenas transferindo o problema, colocando todo aquele esgoto, na propriedade vizinha, e assim sucessivamente; por ser um empreendedor nato, foi em busca de uma solução definitiva.

Por isso, foi atrás de uma solução definitiva, com baixo custo e eficaz, pioneira e sem agredir o meio ambiente; como já falei anteriormente com recursos próprios e implantou uma estação de tratamento por  meio de plantas que despoluem o meio ambiente, e distribuiu essa plantas ao longo do percursos do esgoto, fez um investimento pesado com horas de máquinas na construção de acudes para cumprir as etapas do tratamento; e aos poucos o esgoto foi sendo tratado e a água devolvida a natureza de forma potável.


As fotos abaixo ilustram de forma clara como é feito o processo de tratamento do esgoto de parte da cidade passo a passo até o ponto de devolução a natureza. Na sequencia de fotos, podemos ver como o esgoto chega na propriedade, e após passar ao longo do trajeto, pelas plantas, vai sendo despoluído, ao chegar no primeiro açude a água já esta mais de 60% tratada, após percorrer filtro subterrâneos, chega ao último açude brana de cristalina, como é possível ver na garrafa, abaixo do aterro uma água cristalina.


Além desse projeto inovador e privado, fausto já tem outro grande projeto, totalmente privado, que é a da construção de uma grande centro de lazer, que sobre essa grande projeto falarei em breve, mas esse mega projeto esta sendo apresentado ao candidatos ao executivo, pois fausto pretende oferecer ao município uma espécie de parceria publica privada, proporcionando uma utilização conjunta, atingindo um objetivo social. 










segunda-feira, 8 de agosto de 2016

O NONO CENÁRIO ELEITORAL

A formação da nova coligação, que aconteceu na última Sexta feira, e que reunião os candidatos do PSDB e PMDB, Amadeu Beira e Elisabete Vargas, mudou totalmente o cenário eleitoral; acontece que, os números indicavam um empate técnico entre o candidato do governo e Amadeu e Elisabete. Considerando que os dois candidatos oposicionistas, disputavam os votos dos eleitores descontentes com o governo do PT; e essa divisão poderia resultar em um favorecimento ao candidato do prefeito. A nova composição, juntou na mesma chapa dois dos três primeiros colocados, e com essa união a eleição ao natural fica polarizada entre a chapa governista que representa o PT, e a coligação PMDB/PSDB que representa a oposição com chances de tirar o partido do Lula da prefeitura. Queiram ou não, a eleição passou a ser um espécie de plebiscito,entre quem quer o PT e os que não querem o PT; considerando que a maioria do eleitora não deseja mais esse partido no governo, ao natural vai optar por essa coligação.

Com relação aos outros candidatos(as), se a situação já era complicada, agora a tendência é piorar, percebo inclusive, uma debandada, ou o começa de um batida em retirada, com desistências até de candidaturas ao legislativo; que caso confirmadas obrigatoriamente reduziram ainda mais as nominatas; pois a medida que diminui o número de mulheres, automaticamente, e/ou obrigatoriamente deve ser reduzido o número de candidatos homens.


A campanha começa apenas no dia 15, e a tendência é que a medida que a campanha avance, e que aconteça os primeiros debates, a polarização tende a aumentar; isso é normal em todos os pleitos.