quinta-feira, 30 de julho de 2015

POSSE

O partido progressista, reuni seu diretório na noite de hoje, o encontro será na associação rural, e tem como pauta a posse do novo diretório, da nova executiva e do novo presidente. Na noite de hoje assume o partido o empresário e ex-presidente da CIC Flávio Maciel. O novo presidente segue a nova linha de pensamento do partido no município, que pretende adotar uma linha menos politica e mais administrativa, voltada para os problemas locais. Essa nova linha de pensamento vai ao encontro do desejo da comunidade que aponta para uma nova era, onde a politicagem fique em segundo plano.

O novo comando terá como meta principal a organização do partido visando à eleição do ano quem vem. O objetivo do partido é voltar a comandar o município, e eleger uma bancada forte com vereadores identificados com o partido. O partido volta a se reunir no dia 07 para posse da coordenadoria regional, com a presença do presidente estadual Celso Bernardi, deputados e possivelmente da senadora Ana Amélia lemos.


SAÚDE

O setor que mais preocupa a comunidade continua com os mesmos problemas; e o pior é que ao que tudo indica não vai mudar tão cedo.

A morte de um paciente por falta de vaga na UTI é apenas mais na estatística, buscar culpados não resolve, precisamos é de solução. A falta de leito na Unidade de Tratamento Intensivo, não é o único problema a ser resolvido.


Os programas mais médicos do governo federal, que trouxe Cubanos travestidos de médicos, já cumpriu seu papel, ou seja, de enganar o povo visando à reeleição da presidenta. Segundo fonte ligada ao setor da saúde, aqui no nosso município, temos em torno de oito Cubanos contratados para atender nos postos de saúde do município. Com relação a esses profissionais, seria muito importante que a secretaria da saúde apresentasse os devidos diplomas, e informasse qual é o médico que é responsável por esses profissionais Cubanos.




terça-feira, 28 de julho de 2015

ECONOMIZAR É PRECISO
A crise econômica atual, fruto da incompetência e da irresponsabilidade do partido dos trabalhadores (PT), impõe os brasileiros uma economia de guerra. O povo vive uma época de vacas magras, desemprego, aumentos de impostos, inflação subindo, e dólar nas alturas; tudo isso graças a um governo incompetente e corrupto.

Os reflexos dessa crise, atinge em cheio os governos, principalmente os governos estaduais e municipais; que gastam muito, e gastam mal.

Como na briga entre o mar e o rochedo, que se da mal é o marisco, no caso da crise brasileira, que se da mal como sempre é o povo. Se de um lado o povo economiza o que pode, do outro lado, os poderes executivo e legislativo, deitam e rolam gastando. Nesse quesito, quero destacar os gastos do poder legislativo, que possui um orçamento próprio, para gastar apenas com pessoal e manutenção de suas sedes e/ou casas legislativas.

Quero pegar como exemplo, a nossa câmara municipal de vereadores, aqui de Vacaria, segundo fiquei sabendo, o orçamento da casa gira em torno de 7% da arrecadação do município, que repassa mensalmente esse valor.

Considerando que nossa arrecadação anual ultrapassa cem milhões de reais, o orçamento mensal de nossa câmara chega perto de hum milhão de reais. Considerando que o custo da casa é apenas com pessoal, luz, água e material de expediente. É possível imaginar as razões da construção de uma sede luxuosa e imponente, para os legislativos não tem crise.

Por isso, seria de bom alvitre, que o atual presidente, divulgasse para o conhecimento do povo, qual o valor do repasse mensal que a câmara recebe do executivo, quanto é gasto com salários dos vereadores, dos assessores e do pessoal que é funcionário da casa,

Gostaria ainda, que o presidente informasse quanto é gasto com telefone, qual é o valor que cada gabinete pode gastar, quanto ganha liquido um vereador, e qual o seu custo somado os encargos sociais quanto ganha cada assessor, e qual o custo total dos mesmos. Considerando ainda, que o atual presidente da casa, segundo sua assessoria prima pela economia, certamente vai divulgar esses dados, e após a divulgação dos dados sobre o legislativo, exigir do prefeito que divulgue igualmente os valores gastos com pessoal no executivo. Mas no caso do executivo, deve divulgar quanto gasta com funcionários de carreira (concursados), com CC, com contratações via empresas terceirizadas, e por fim quanto ainda gasta com horas extras.

Na verdade, a transparência no setor público, é obrigação dos governantes, e a divulgação dos gastos com pessoal deveria uma obrigatoriedade.


SAÚDE


A situação continua inalterada, a CPI criada com o objetivo de investigar apenas o hospital, parece que ainda não disse a que veio, mas os problemas continuam ai. Semana passada uma pessoa veio a óbito por falta de leito na UTI, após esperar por mais de uma semana.

A secretaria da saúde, segundo fui informado, esta alugando ônibus para levar pacientes para consultas fora da cidade, mas ainda segundo essa fonte, o município possui duas vans para fazer esse tipo de serviço, que atualmente apenas recolhem os pacientes na cidade. Considerando a crise atual, decerto pagar um veículo de terceiros custa menos aos cofres do município.


Ainda com relação à saúde, a CPI poderia investigar os motivos que levam o executivo a manter CC e ou contratados em cargos para os quais foi feito concurso, e os aprovados estão esperando a sua nomeação. Alias com relação a esse fato, seria interessante o Ministério Público dar uma analisada nesse caso; pois entendo que se existe vaga, e se existem pessoas aprovadas em concurso, são essas pessoas que devem assumir essas vagas.




















quarta-feira, 22 de julho de 2015

PULANDO DA BARCA


A rejeição ao governo Dilma (PT) cresce assustadoramente, pelo andar da carruagem logo vai beirar os cem por cento. Por outro lado, o numero de pessoas que desejam a saída da presidenta aumenta nas mesmas proporções.

A situação econômica que estamos enfrentando, derrubou a máscara do PT e de seus comparsas, às mentiras sustentadas ao longo de doze anos, chegaram ao fim; a casa caiu. O castelo era de areia.

Ao longo desse tempo, muito gente usou as mentiras do governo federal para vender ilusões. E se beneficiou dizendo ser amigo do Lula e da Dilma; inclusive aqui em nossa cidade. Com o fim da era da mentira, da roubalheira, ou seja, da era PT; os ratos começam a abandonar o navio. Inclusive aqui em Vacaria. Considerando que no próximo ano teremos eleição para prefeito e para vereadores, ficar longe do PT, é uma questão de sobrevivência. Por outro lado, existem os cargos no executivo, e existe ainda um ano e meio de governo, e em tempos de crise mamar na teta pública faz bem pro bolso.

A base aliada do prefeito do PT, chamada via popular não existe mais, hoje existe apenas o interesse na manutenção dos cargos, alguns falam em sair da base no final do ano, outros vão aguardar o prazo legal para poder concorrer. A coisa esta tão feia, que alguns amigos do rei, estão recusando até participar de jantares, churrascos, para fugir do PT, estar próximo do prefeito pode ser um tiro no pé.


A base do governo no legislativo é formada pelos seguintes partidos: PT-PDT-PSDB-PPS-PTB e PSB é possível afirmar, que dos cinco partidos que integram a base do governo, no mínimo quatro pretendem cair fora, vão debandar pular da barca. O vereador do PSDB já esta em campanha, os cargos indicados por ele no executivo apostam na sua vitória, o PTB já anunciou faz tempo que vai ter seu candidato resta saber qual será o caminho dos outros integrantes da base.


Por isso, precisamos estar atento, pois certamente no próximo ano, na campanha, apenas o PT vai defender o atual prefeito, o resto da atual base vai jurar que sempre foi oposição e que trabalhou durante oito anos defendendo a saúde, que era contra o péssimo atendimento da UPA, e que é contra empreguismo no serviço público.















segunda-feira, 20 de julho de 2015

A corrupção no Brasil é histórica, vem desde o tempo do descobrimento. Mas com Lula e Dilma foi institucionalizada, passou a ser regra onde o PT governa. A roubalheira generalizada tinha como objetivo principal a manutenção do projeto de poder, que própria das ditaduras comunistas. Com relação à roubalheira dos governos, a coisa sempre foi encarada como normal pela população, tanto que criaram até um ditado para definir alguns governantes (Rouba, mas faz); no caso da era PT (Roubam e Roubam, e não fazem nada).


O povo esta indignado, mas precisa mais, muito mais. Esta na hora de escolher melhor, votar melhor; temos que começar na base. Aqui na nossa cidade. Esta na hora do eleitor tirar do poder aqueles negociadores, aquele que estão no legislativo, trocando apoio por cargos, àqueles que pertencem a um partido e trabalham para outro, se vendem por cargos. O povo precisa cobrar com a única arma que tem, ou seja, o voto. O povo precisa saber que essa arma ele só pode usa-la a cada dois anos, por isso, precisa saber escolher bem o seu alvo. Para que o povo se de conta que precisa se indignar muito mais, vou comentar alguns fatos abaixo:


AEROPORTO REGIONAL DE CARGAS-

O atual prefeito, sempre usou essa obra para mentir para o povo em busca do voto, dizia ser amigo da Dilma, do Lula, e que somente ele poderia concluir a obra. Apesar de ao longo de seu mandato nunca colocar um centavo, mas mentia e usava a obra. As fotos abaixo dão uma ideia da situação do novo aeroporto, com relação a velho a depredação é semelhante.





UPA-

A situação da unidade de pronto atendimento, continua inalterada, o péssimo atendimento durante a noite continua igual, sou seja, eles dormem e os doentes que esperem nas cadeiras ardendo em febre.
Uma mãe leva seu bebe para consulta de emergência, pois a criança estava ardendo em febre. Apos esperar por um longo tempo, e sem ser atendida, haja vista que o médico dormia o sono dos justos, a mãe apavorada com a situação, começou a exigir que seu filho fosse atendido, e começou ficar nervosa, gritar, vendo que a situação estava passando do normal o Guarda municipal  de plantão foi falar com o médico e alertou para o problema. A resposta do médico foi a seguinte: Se você não consegue resolver chama a brigada. Certamente esse médico não tem chefe, não temos governo, e certamente o povo paga o médico para dormir na UPA; cabe lembrar que esse tipo de situação é comum, pouco tempo atrás um caso parecido só foi solucionado com a intervenção de um vereador da base do prefeito, que levou inclusive o secretário até a UPA num sábado de manha, mas pelo visto não mudou em nada.






segunda-feira, 13 de julho de 2015

HORAS EXTRAS

O repórter fantástico mostrou na noite de ontem, a farra com o dinheiro público (do povo), na cidade de Dionísio Cerqueira estado de Santa Catarina.

A matéria exibida no programa de ontem, me fez lembrar algo semelhante que aconteceu aqui na lendária Vacaria; parece que esse filme eu já assisti, com o mesmo tema, e com um roteiro muito parecido.

O caso aqui de Vacaria, foi denunciado pelo vereador do PSDB, Amadeu Boeira, que ao assumir interinamente o comando do município se deparou com pagamentos absurdos de horas extras pelo município a alguns funcionários. Após tornar público os fatos, com divulgação de listagem com os valores, com nomes, o caso acabou virando uma CPI na câmara de vereadores.

Com a volta do prefeito ao cargo, após reverter sua cassação no TSE, a comissão parlamentar de inquérito foi formada com maioria governista. Numa comparação com o caso de SC, é possível apontar algumas semelhanças.

1- Horas extras de maneira continuada e por tempo indeterminado, o servidor recebendo mensalmente o mesmo valor e prestando a mesma quantia de horas; inclusive nos finais de semana e durante as férias.

2- Cargos de confianças (CC) recebendo horas extras, inclusive em locais onde no existe expediente após o horário, como é o caso do gabinete do prefeito.


Aqui a CPI mesmo com farta documentação, nada apontou, o relatório final ficou no campo das suposições, completamente dúbio.

Decerto devido às dimensões do nosso Brasil, aqui que é ilegal numa região, num estado, em outro é possível e legal; a única coisa que não muda é a origem dos recursos para pagar esses desmandos. O bolso do povo que é obrigado a cobrir os rombos como é o caso do aumento de impostos para tapar a roubalheira na Petrobras.

quinta-feira, 9 de julho de 2015

.BOM SENSO IMPEROU


Compareci hoje à tarde no foro de Vacaria, para uma audiência com o prefeito e sua vice. O motivo da audiência era um processo ambos moveram contra minha pessoa, ainda no ano de 2012 durante a campanha eleitoral devido a um comentário aqui no blog. No comentário falei da condenação imposta aos dois devido à ação de impetrada pela coligação de oposição.

Na verdade todos meus comentários aqui no blog são relacionados a fatos concretos, procuro trazer a verdade, sem criar nada, não ofendo a moral e/ou a honra das pessoas, não comento a vida pessoal de ninguém. É evidente, que pessoas públicas precisam prestar conta de seus atos, de tudo aquilo que faz quando ocupa uma função pública.

Mas voltando a audiência, por iniciativa do prefeito, de sua vice e de seu advogado, foi solicitado o arquivamento do processo, o assunto foi encerrado.

A audiência foi conduzida de forma brilhante pelo juiz Dr Mauro Freitas, alias, quero abrir um parêntese para elogiar a atuação desse magistrado no comando da nossa comarca. Estive acompanhado pelo Dr Eclair Dumuncel da Rosa, amigo particular e grande advogado.

Com relação aos autores da ação, quero de publico reconhecer a grandeza de ambos, pois apesar das nossas diferenças políticas, das minhas críticas ao governo, entenderam que o prefeito e a vice têm coisas muitos mais importantes para atender, para se preocupar, por isso, não fica bem perder tempo com processos descabidos, desnecessários.

Faço esse comentário para mais uma vez reafirmar que não tenho problema em elogiar quem quer que seja desde merecedor, além disso, quando da propositura da ação contra minha pessoa, eu usei esse espaço para relatar o fato; nesse caso entendo que devo usar o mesmo espaço para comunicar o encerramento do caso.



Costumo voltar atrás, sim. Não tenho compromisso com o erro.
Juscelino Kubitschek
















quarta-feira, 8 de julho de 2015


SEM APOIO
A presidenta Dilma, vive o seu pior momento; essa é a opinião dos comentaristas e/ou analistas políticos. Segundo eles, a possibilidade de perder o mandato é eminente. Ainda segundo esses analistas, a crise econômica, a corrupção desenfreada que aumenta a cada dia, pode levar a perda do mandato. Acontece que a presidenta, vive ou esta nas mãos de uma base sem confiança, interesseira, que visa apenas vantagem, e não vai entrar nessa canoa furada.


Com relação à base de apoio, o prefeito municipal enfrenta o mesmo problema. Os vereadores da base governista aqui no município estão governo, mas não é governo; permanecerão na base até o imite, apenas para manter cargos no executivo. Na hora da verdade todos vão pular fora, só permanece quem não tiver outra opção.


Estamos a pouco mais de um ano para a eleição, alguns ocupantes de cargos falam em deixar o governo em Dezembro, cabe lembrar que aqueles ocupantes de cargos de CC para concorrer a cargos eletivos precisam deixar o governo seis meses antes da eleição.

A via popular só existe nos cargos, tanto que, vereadores da base, com cargos no executivo, trabalham nos bastidores para montar outras coligações, buscando apoios inclusive na oposição para montagem de chapas. Todos são unanimes em afirmar que estar ao lado do PT é um tiro no pé, ninguém quer ser associado ao partido do PETROLÃO. Ao contrário da campanha passada, que mentir usando o nome do Lua e da Dilma dava votos, hoje essa associação cheira corrupção, roubalheira e incompetência.

A postura desses vereadores, a mim não causa espanto, mas não consigo entender a inércia do prefeito diante da traição eminente.


Com relação a candidatos vindos do legislativo, continuo com minha intuição, apenas Amadeu Boeira poderá sair como candidato, por duas razões:

1- Amadeu é o vereador mais popular de todos.

2- é o único com coragem suficiente para enfrentar uma eleição, e tem o partido na sua mão, domina o PSDB.



Ainda com relação à via popular, segundo fui informado, o vereador do PTB convocou uma reunião para tentar salvar a aliança. Essa informação foi passada por um membro do PTB um líder histórico, e segundo ele foi convocado para essa reunião pelo presidente do PT.