quarta-feira, 27 de agosto de 2014

TELEFONE MUDO NÃO PODE CHAMAR

Essa é a situação dos funcionários da prefeitura municipal de Vacaria.  Acontece que, o executivo resolveu mudar de operadora, cancelou o contrato ou o convênio com a operadora Vivo, essa parceria que durava mais de uma dezena foi desfeita pelo município, e com o final dessa parceria sem que os funcionários fossem avisados, todos que tinham celulares da vivo ficaram com o telefone mudo por dois dias. Mas o interessante é que quando procuraram saber do executivo o que tinha acontecido, recebiam a informação que a operadora tinha cancelado as contas, mas ao se dirigir as lojas da Vivo na cidade ficavam sabendo que não era procedente a informação. Esse convênio favorecia o funcionário com uma tarifa menor que a normal, e o valor individualizado da conta era descontado em folha. Cabe ainda ressaltar. Que esse convênio que beneficiava os funcionários foi firmando ainda no governo do e prefeito Pego raro, romper e/ou cancelar o convênio sem sequer avisar os funcionários é mi mínimo uma falta de consideração com os servidores concursados, pois segundo uma fonte quase uma centena de celulares continuam funcionando com a nova operadora; claro que todos CC amigos do MITO ou seria amigos do Rei.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

DEBATES SOBRE A SAÚDE

Mais uma vez a sessão da câmara debateu os problemas da saúde no município. Como de costume, a bancada governista, cheia de cargos e cabos eleitorais na prefeitura, pagos com o dinheiro do povo, concentrou os ataques contra o hospital; na visão dos edis situacionistas, tudo que de responsabilidade do PT e/ou do MITO esta perfeito. Os impropérios proferidos por alguns semianalfabetos são dignos de pena, um quer escrever livro, o outro quer criar um novo hospital, e um terceiro que o poder público assuma o controle ou a administração do hospital; caso essa última alternativa fosse adotada, é possível imaginar quantos cargos de CC seriam empregados no hospital. Houve ainda, elogios aos médicos CUBANOS, com certeza eles não consultam com médicos de Cuba, pois para apenas dois turnos de serviços um vereador recebe mais de 8.000,00 por mês, e com esse salário certamente eles não precisam da ala SUS e muito menos dos médicos do ditador Fidel Castro que são escravos do seu regime prestando serviço ao PT. Ainda com relação aos médicos de CUBA, quero perguntar aos vereadores do prefeito, se uma pessoa que usa óculos com mais de três graus, que é orientada a deixar de usar os óculos, passando apenas a tomar vitaminas prescritas pelo Cubano podemos afirmar que foi bem atendida. Ainda com relação aos serviços prestados pelo governo do PT na área da saúde, se 20 casos de óbitos na faixa de o há 2 anos, aumentando assustadoramente a taxa de mortalidade infantil também podemos considerar um bom atendimento? Ainda com relação à saúde municipal a falta de médico pediatra e de exames laboratoriais na UPA pode ser considerado um bom atendimento? Na verdade, o que o prefeito quer através de seus defensores, é desviar a atenção daquilo que é de sua responsabilidade, e focar apenas no hospital, na ala e no atendimento SUS. Quero lembrar aos defensores do prefeito, que se a ala SUS deixa a desejar, a culpa é do executivo, pois se adonou da verba aprovada na consulta popular destinada para reforma da ala SUS, e até o presente momento ainda não colocou um tijolo; caso algum dos escritores do legislativo resolva escrever o livro sobre a ala SUS, precisa colocar no livra a parte que cabe ao executivo. Ainda com relação ao atendimento na UPA, gostaria de saber se receitar a uma criança medicamento em dose dupla na visão dos edis esse procedimento pode ser considerado como um bom atendimento? A eleição esta chegando, e os oportunistas cheio de cargos no município querem dar o ar da graça, querem tapar o sol com a peneira.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

SAÚDE

A péssima situação da saúde no município é uma rotina na administração do PT. O prefeito prometeu ainda na sua primeira campanha que o morador do bairro teria atendimento no posto até às 10 horas da noite, além não cumprir a promessa, não consegue sequer oferecer atendimento pediátrico na UPA. A falta dessa especialidade na Unidade de Pronto Atendimento, certamente colabora para o aumento absurdo na taxa de mortalidade infantil. Nosso município que ocupou a posição de líder em mortalidade infantil parece que vai voltar a ocupar um lugar de destaque e ao que tudo indica vai voltar à liderança. Os números revelados na semana passada não deixam dúvidas, em torno de 20 óbitos nos primeiros meses do ano; é um dado preocupante, revela a falta de atendimento às crianças por parte do município. O médico Marco Antônio Mahfus, relatou o caso de uma gestante encaminhada para outro município, pois precisava de UTI, e após permanecer lá por 60 dias voltou ao município e por falta de acompanhamento o bebe veio falecer. Certamente esse é apenas mais um dos casos de óbito devido ao descaso dessa administração com a saúde e principalmente com os recém-nascidos e com as crianças em geral. A falta de especialistas na UPA é a prova cabal da falta de interesse do governo do PT com a saúde local; tanto que um médico clinico que atende na UPA prescreveu duplamente os mesmos antibióticos a uma criança que pesava 13 quilos. Ha alguns dias o vereador do PTB e da base do prefeito na câmara cobrou melhor atendimento do hospital com pacientes do SUS, e fiscalização da aplicação dos recursos; mas ao que tudo indica a parte do município ninguém pretende fiscalizar, pois até onde eu sei evitar a mortalidade infantil é função da secretaria da saúde; manter atendimento pediátrico na UPA é função e obrigação do prefeito e de sua secretária. Mas nem tudo vai mal à secretaria da saúde, pois as ESF dos bairros estão produzindo artesanatos e fazendo teatro.

sábado, 23 de agosto de 2014

A CAIXA PRETA DA SAÚDE

O tema saúde gerou polemica dias atrás, na câmara de vereadores e nas redes sociais. No legislativo, o vereador Marcos Lima (PTB), presidente da comissão permanente da saúde, cobrou uma maior fiscalização na aplicação dos recursos públicos pelo hospital; segundo o vereador, o atendimento aos pacientes SUS é muito ruim. Ainda segundo o vereador médicos que prestam atendimento SUS, também atendem mal. O caso gerou uma reação, e o Dr. Marco Mahafus, rebateu as críticas através de sua pagina no Facebook. Com relação ao tema, aqui no blog reiterei meus comentários e/ou cobranças, pedi a abertura das caixas pretas, solicitei uma ampla investigação em todos os setores da saúde. Cobrei uma investigação na UPA, cobrei uma investigação nas UBS, e cobrei uma ampla investigação nos contratos entre empresas e a secretaria da saúde; e no hospital é claro. Apesar da importância, o caso não foi levado adiante, tudo ficou como estava, apenas uma cortina de fumaça em cima do hospital para desviar a atenção, e assim passar despercebido o caos que vive a saúde em Vacaria na parte que é de responsabilidade do pode executivo. Certamente, essa cortina de fumaça, tem como objetivo encobrir o descaso com a saúde com os resen nascidos e com as crianças como um todo, tanto que essa semana recebi a informação do aumento da mortalidade infantil, e nossa cidade que já foi à campeã no setor, volta a apresentar alto índice de mortalidade, certamente fruto do descaso com esse setor, tanto que na Unidade de Pronto atendimento não existe atendimento pediátrico. Certamente o aumento na mortalidade infantil é fruto do descaso e da irresponsabilidade dos gestores, para exemplificar esse descaso, na tarde de ontem recebi a informação que uma criança foi na UPA consultar o médico clinico geral que prescreveu em duas receitas diferentes os mesmo remédios duplamente, apenas com nomes diferentes, mas o mesmo antibiótico, que foi tomado em dose dupla. Segundo o pediatra que atendeu essa criança alguns dias após essa consulta na UPA, a dose prescrita era o dobro da recomendada; nesse caso cabe uma pergunta o médico queria acabar com as bactérias ou com a criança? Apesar da falta de recursos a mãe teve que levar a criança para um consulta particular, pois o tratamento prescrito na UPA não deu resultado. Diante de todos esses problemas, volto a perguntar, será que devemos investigar apenas o hospital? Com relação às receitas, caso necessário poderei mostrar, não postei aqui no blog para preservar o nome dos envolvidos.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

A CAIXA PRETA DA SAÚDE

Tenho cobrado aqui nos meus comentários, a necessidade de fiscalizar a saúde como um todo. Com relação ao tema, prevenir é o melhor remédio, cuidar da saúde na base é o cominho, começando pelas gestantes, com um bom pré-natal, e depois com um bom atendimento pediátrico. Acontece que atualmente aqui no município esse tipo de atendimento é muito precário, deixa a desejar; o maior exemplo é a falta de médico pediatra na UPA. Quando cobro a abertura de todas as caixas pretas da saúde, entendo que o exemplo tem de vir do município, e começando pela unidade de pronto atendimento. A atual administração já recebeu o título de município com a maior taxa de mortalidade infantil do estado, e ao que tudo indica, vai voltar a figurar nessa relação; pois hoje recebi a informação que no ano de 2014 o numero de obtidos considerados dentro da faixa da mortalidade infantil no município já beira as duas dezenas. Certamente essa situação é consequência da falta de atendimento pediátrico na UPA e na maioria das UBS; além desses problemas, também fiquei sabendo, que médicos CUBANOS, estão prestando atendimento na área de oftalmologia, e para meu espanto, pessoas que usam óculos com graus elevados, são orientados a deixar de usar os óculos, e que são orientados a tomar apenas vitaminas para solucionar a deficiência visual. Essa situação beira o absurdo, e se não fosse trágica seria cômica,

A ELEIÇÃO PELO BRASIL

O novo mapa das eleições pelo Brasil é totalmente desfavorável ao PT. O partido dos trabalhadores perde as eleições para governador, em 9 dos 10 maiores colégios eleitorais, inclusive na Bahia. Com a entrada de Marina Silva na disputa, a tendência é piorar, e quem mais perde é a candidata do PT. Com relação à candidata do PSB, tanto ele como seu vice, foi agraciada pela sorte, uma tragédia mudou a vida dos dois, mesmo que momentaneamente. Marina era uma figurante na campanha de Eduardo Campos, Beto Albuquerque estava cumprindo tabela; mas ai vem uma fatalidade, e os dois são os beneficiários do destino perverso. A pesquisa feita no calor da tragédia é o retrato fiel do eleitor brasileiro, volátil e sem convicção, ora veja, se o povo gostava tanto assim de Eduardo Campos, deveria votar nele enquanto vivo, pois votar na Marina em sua memória é uma falta de coerência. Por outro lado, Marina a falsa viúva, se aproveitou ao máximo da tragédia para faturar, entre choros e risos, se expôs ao máximo. Com relação aos números da pesquisa, tenho minhas ressalvas, pois os exemplos estão ai, e causando polemicas, no final da semana passada, um instituto divulgou os números da corrida ao governo do estado que agradou ao PT. Acontece que, na segunda feira, o grupo Bandeirante divulgou outra pesquisa diferente e os dados desagradaram o PT, que por meio de assessores do governador tentou impedir a sua divulgação com ameaças ao grupo Bandeirantes, que mesmo assim divulgou os dados. Por isso, temos que aguardar mais uns dias para ver como vai se comportar o eleitor, mas tudo é possível, inclusive a Dilma ficar fora do segundo turno. Com relação aos candidatos a deputado, vamos escolher bem em quem votar, tem candidato que se diz representante de Vacaria, mas nomeia pessoas de fora para cargos aqui no município, tem candidato que se diz representante do agronegócio e nada faz pelo produtor.Vamos analisar com carinho, vamos cuidar desses candidatos que poluem as entradas da cidade com propagandas, vamos ver que se faz de lobo em pele de cordeiro e defendo falcatruas com o dinheiro do povo, e apoia fichas sujas.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

SAÚDE E NOVA PESQUISA PARA PRESIDENTE

A saúde tem sido tem sido assunto  frequente nas seções da câmara de vereadores. O vereador Marcos Lima presidente da comissão permanente da saúde tem feito críticas ao hospital e quer fiscalizar a aplicação dos recursos. Afirma que o SUS ou os pacientes do SUS são muito mal atendidos. Com relação a esse atendimento, é oportuno lembrar o vereador e solicitar que ele cobre o prefeito, qual o motivo para a demora da ala SUS, ou dos quartos do SUS. Acontece que, os recursos aprovados no orçamento participativo destinado a reforma, já estão em poder do executivo e apesar do longo tempo ainda não temos noticias sobre a reforma. Além disso, o executivo que já se caracterizou por realizar péssimas obras ao longo do governo do PT, assumiu sem necessidade a obra da reforma.


PESQUISA-


A nova pesquisa feita pela data folha no calor da tragédia da morte de Eduardo Campos confirma que teremos segundo turno. Com relação ao segundo turno, só um insano ou alguém do PT, poderia imaginar e/ou afirmar que a candidata à reeleição venceria no primeiro turno. Com relação aos números de Marino, é preciso ressaltar o seguinte: 1- Marino ficou exposta na mídia 24 horas durante os dois dias da pesquisa. 2- Marina repete na primeira pesquisa com seu nome os mesmo números e/ou votos da última eleição para presidente quando ficou em terceiro lugar. Marina Silva foi ministra de Lula por seis anos, e é muito mais alinhada ao PT que ao PSB, e acordos feitos no papel não tem eficácia após a eleição de posse do cargo quem manda é o chefe do executivo.



  
Datafolha: Dilma 
tem 36%, Marina, 21%, e Aécio, 20%Pesquisa é a 1ª a incluir a ex-senadora como possível substituta de Campos. Em simulação de 2º turno, Marina tem 47%, e Dilma, 43%, um empate técnico.